Pushing the Medium #2

Pushing the Medium #2 2013-11-20T08:34:10+00:00

Nodar Pushing the Medium #2

Simpósio Internacional de Artes Intermédia

15 – 24 Setembro 2006

Nodar, S. Pedro do Sul, Portugal

Nodar Pushing the Medium #2 é um simpósio internacional de artistas sonoros, visuais e ligados aos “new media” que se realiza em Nodar, Portugal, entre 15 e 24 Setembro de 2006.

O evento foi organizado pela Binaural, uma associação cultural sem fins lucrativos dedicada à cooperação local e internacional nos domínios da pesquisa artísica, social e ambiental, e está conectada em parceria com similares organizações, nomeadamente o MoKS, na Estónia – que, pela sua radicação geográfica e pelo âmbito da sua actividade, se encontram na periferia ou no exterior do cosmopolitismo cultural europeu. Estas organizações, incluido a Binaural, privilegiam focar-se numa transversalidade de disciplinas artísticas e intervenções sociais enquadradas pela especificidade do contexto rural isolado onde actuam primordialmente.

O Nodar PTM #2 constituiu a segunda edição, depois da que se realizou em Mooste, Estónia, em Outubro de 2004.

Durante o PTM #2, procurámos desafiar artistas de várias àreas e outros participantes a pensar, questionar e interagir com o Lugar – a paisagem, a aldeia, o habitat social… – como material primeiro de trabalho através de intervenções criativas e colaborações artísticas.

O simpósio, com a duração de 10 dias, incluiu workshops, conferências, performances e instalações, permitindo o intercâmbio e discussão de ideias e projectos entre os criadores portugueses e internacionais, procurando encorajar processos colaborativos e um “continuum” que se prolongue para além do evento em si, constituindo uma oportunidade de contactar com alguns dos artistas mais dinâmicos e inovadores que continuamente trabalham no sentido de alargar a percepção do medium, e da sua lógica de contaminação, através da sua arte e do seu esforço criativo.

O PTM#2 não teve tema. Este foi o lugar ele mesmo. Nodar, e a sua extrema e isolada topografia e habitat como metáfora para uma certa Europa que, esquecida e ‘apagada’ dos mapas, não se inscreve nem encotra voz nos discursos paradigmáticos dominantes. O PTM #2 teve por objectivo instigar e desenvolver actividades colaborativas, encorajando fortemente o envolvimento com a identidade de Nodar enquanto lugar e habitat.

Procurámos práticas artisticas nas quais som, novas tecnologias e “site-specific” se intersectem, de modo a reflictir e articular os seus significados sociais e culturais e como estes modelam e esculpem o modo como pensamos e sentimos. Há diferentes maneiras certamente de explorar a relação entre arte e lugar. O que se nos revela importante é que as práticas artísticas impliquem uma refexão sobre as dimensões, os valores e a especifidade do meio envolvente e que os que artistas questionem, nesse sentido, o seu próprio papel ao trabalharem dependentemente desta condição de especifidade e identidade.

Lista dos Artistas Participantes (em Residência):

Klaus Filip (Áustria)

John Grzinich (EUA / Estónia)

Antonio Della Marina (Itália)

Maksims Shentelevs (Letónia)

Pablo Rega (Espanha)

Oscar de Paz (Espanha)

Ingrid Quiroga (Espanha)

Cristina Tascón (Espanha)

Silvia Zayas (Espanha)

Roi Fernández (Espanha)

Iñaki Ríos (Espanha)

Natividad Plasencia (Espanha)

Paulo Raposo (Portugal)

Rui Costa (Portugal)

André Gonçalves (Portugal)

Programa Completo:

15-21.09.2006

Desenvolvimento de projectos no contexto de uma residência artística

DSC02505.JPGnoria- oscar y pablo19 PTM#2 adm119.jpg noria- oscar y pablo1

DSC02486.JPG residentes24

21.09.2006

22h00- Teatro Municipal da Guarda

Performances:

– John Grzinich, Antonio Della Marina e Maksims Shentelevs

– Rui Costa, Iñaki Ríos e Natividad Plasencia

– Pablo Rega

– Silvia Zayas

IMG_0830IMG_0849 IMG_0858DSC02559.JPG

22.09.2006

14h00 – Escola Superior de Tecnologia de Viseu

Artist Talks, Workshops:

– John Grzinich

– Rui Costa

– Xesús Valle e Roi Fernández

– Antonio Della Marina

– Klaus Filip

IMG_0906IMG_0904 IMG_0883IMG_0877 IMG_0881 IMG_0884

22h00 – Auditório do Instituto Português da Juventude de Viseu

Performances:

– John Grzinich, Antonio Della Marina e Maksims Shentelevs

– Paulo Raposo e André Gonçalves

– Klaus Filip

– -C: Miguel Carvalhais e Pedro Tudela

PTM#2 adm83.jpgPTM#2 adm80.jpg PTM#2 adm82.jpgPTM#2 adm42.jpg

23.09.2006

17h00 – Nodar, S. Pedro do Sul

Instalações, Performances

DSC02594.JPGIMG_0949 IMG_1050IMG_1043 IMG_1026IMG_1016 PTM#2 adm118.jpgPTM#2 adm02.jpg PTM#2 adm10.jpg PTM#2 adm26.jpg

Créditos:

Financiamento:

Apoios:

Coordenação Geral e Direcção de Produção: Luis Costa

Direcção Artística: Paulo Raposo

Direcção Técnica: Rui Costa

Agradecimentos:

Norberto Costa

Ilda Costa

António Almeida

Restaurante Bem Estar (Parada de Ester)

Registos Videográficos:

Adán Santiago

Montagem Vídeo:

Manuela Barile

Luís Costa

Apoio de Produção:

Manuela Barile

Carla Pinto

Adán Santiago

Marta Fonseca

Kurt Korthals

Design Gráfico:

João Cruz

Fotografias do Cartaz:

Liliana Mendes

John Grzinich

Gráfica:

Tondelgráfica, Tondela