Descrição do projecto

Iñaki Ríos & Rui Costa
ja_dijiste 2001-2003
[nodar009],
Junho 2014

As Edições Nodar apresentam uma compilação digital de 45 composições electrónicas com quase cinco horas de duração, correspondentes aos anos de atividade pública do duo ja_dijiste, formado pelo artista sonoro Rui Costa, fundador e diretor da Binaural/Nodar e pelo artista sonoro espanhol Iñaki Ríos.

ja_dijiste foi um duo de música electrónica improvisada composto por Rui Costa (Lisboa, Portugal, atuialmente diretor da Binaural/Nodar) e Iñaki Ríos (Valladolid, Espanha) com actividade pública entre 2001 e 2003.

Iñaki Ríos e Rui Costa descobrem o trabalho um do outro em 1998, quando ambos publicavam temas em vários repositórios de música online. A partir dessa altura, iniciam uma correspondência e troca de gravações regular que revelou uma enorme compatibilidade estética e política. Ambos movem-se nessa altura nos circuitos da improvisação livre embora não adiram à sua linguagem que, ao longo do tempo, acabou por ir sendo formatada apesar da sua pretensa ausência de formato, mas sim à sua ética em que, entre outros aspectos, o artista é visto de uma forma dessacralizada, desprovida de “aura”, apenas enquanto um “artesão” que partilha o seu trabalho com outros artistas e o público e não pretende qualquer outro tipo de crédito ou protagonismo. Por outro lado, Rui Costa e Iñaki Ríos incorporam nos respectivos trabalhos a solo e exploram no projecto ja_dijiste uma leitura crítica face à então embrionária “laptop music” ou “microsound” (assim por vezes designada a música que explora as capacidades de processamento digital de sons em tempo real e que se tornou popular a partir dessa altura), ao procurarem uma expressividade “bruta”, “lo-fi” e verdadeiramente expontânea, em contraposição com uma música presa na sua afectação e encantamento por “enfeites digitais”.

Esta colecção incorpora dois CD-R’s auto-publicados: are_mos de Março de 2001 e rmz.fne.ptb, de Março de 2002. O primeiro foi construído a partir de uma sessão de estúdio em que o duo propôs explorar a tensão entre o “laptop” enquanto “cérebro” que executa o processamento digital sonoro e enquanto “corpo” que produz os seus próprios sons e permite uma interacção “gestual” sobre si (precurssiva mas não só). O registo rmz.fne.ptb consistiu num conjunto de miniaturas utilizando como are_mos como matéria prima sonora.

Em 16 e 17 de Junho de 2001, Iñaki Ríos, Rui Costa e o músico galego Pablo Rega (guitarra eléctrica, electrónica e objectos) realizam um “retiro” na aldeia de Nodar (São Pedro do Sul, Portugal) da qual resulta a colecção “encuentro en nodar” aqui apresentada publicamente pela primeira vez.

As restantes faixas desta colecção correspondem a gravações de concertos dados pelo duo ja_dijiste em várias salas e/ou festivais em Espanha e Estados Unidos:

Sala 6odum, Chicago (EUA): 12.Fev.2002
Sala Candlestick Maker, Chicago (EUA): 13.Fev.2002
Sala Eyedrum, Atlanta (EUA): 15.Fev.2002
Festival Musica Ex-Machina 2002 (Bilbao, Espanha): Dez.2002
Concerto em Medina del Campo (Castilla-León, Espanha): 24.Jan.2003