Descrição do projecto

Laboratório de Som Territorial

Um workshop / laboratório dirigido por:

Luis Costa (PT)

OBJECTIVOS

No nosso mundo moderno hiper-visual, onde somos constantemente bombardeados por informação visual – televisão, publicidade, etc. – esquecemo-nos frequentemente de como ouvir. Os participantes no workshop serão guiados a “re-sintonizar” os seus ouvidos para dirigir a atenção ao mundo sonoro extremamente rico que os rodeia, a escutar activamente e de forma imaginativa, e não apenas a ouvir passivamente. Eles irão depois usar os seus ouvidos e novas ferramentas tecnológicas para criar uma composição sonora usando o mundo envolvente como instrumento.

O laboratório oferece uma introdução a:

  • Métodos para dirigir o ouvido à percepção detalhada do som
  • O uso do som para investigar as qualidades do espaço circundante e a nossa perspectiva do mesmo
  • Métodos e ferramentas para gravar sons do ambiente
  • Processos para organizar e criar uma biblioteca de sons
  • Perspectiva histórica da arte sonora e do uso de gravações de campo no contexto musical
  • Princípios básicos de acústica e de teoria de composição musical
  • Abordagens práticas à composição musical com gravações de campo

O laboratório será conduzido por dois artistas especializados na várias áreas em jogo (gravação de sons, processamento digital de áudio e composição musical por computador) e propõe uma abordagem de aplicação prática imediata dos conceitos e ferramentas, através do desenvolvimento de um projecto final que incluirá contribuições de todos os participantes.

PÚBLICO ALVO

Qualquer pessoa interessada em arte sonora e, genericamente, na prática artística experimental.

ESTRUTURA

1a Fase: Introdução ao Som

  • Breve resenha histórica da “música concreta” e arte sonora e exemplos de artistas contemporâneos que trabalham com gravações de campo (“fonografistas”)
  • Princípios básicos de acústica e da teoria da composição musical
  • Introdução ao conceito de “paisagem sonora”

2a Fase: Re-sintonizar os ouvidos

  • Desenvolvimento e alargamento da consciência para o espaço envolvente usando técnicas de concentração e relaxamento
  • Escuta activa dos sons do meio ambiente e discussão das suas características acústicas
  • Criação de uma lista de sons a gravar

3a Fase: Gravação de sons do ambiente

  • Introdução ao equipamento de gravação sonora. O papel de distintos tipos de microfones em diferentes cenários de captura sonora
  • Exercícios de gravação de sons ambientais
  • Introdução ao programa de edição sonora Audacity e à sua aplicação na pós-produção de sons gravados.
  • Breve introdução às técnicas de processamento de áudio digital e ao seu uso na manipulação dos sons gravados
  • Discussão em grupo, selecção e edição dos sons a serem usados na composição final

4a Fase: Composição sonora com gravações de campo

Os participantes desenvolverão no último dia do laboratório um breve projecto sonoro colaborativo, com utilização das várias noções e técnicas referidas nos módulos anteriores. A peça sonora final será objecto de apresentação e, na sua sequência, efectuar-se-á uma reflexão conjunta sobre os resultados alcançados e sobre as possibilidades adicionais a explorar.

DURAÇÃO E LOCALIZAÇÃO

2 Dias a tempo inteiro (8 horas diárias) ou 4 Dias a tempo parcial (4 horas diárias) em datas e locais a anunciar oportunamente.

REQUISITOS

É recomendável que aqueles que utilizam softwares de edição sonora ou de mistura multi-pista (Cool Edit Pro, Audacity, Logic Audio, Ableton Live, Pro Tools, etc.) possam trazer os seus computadores portáteis. De qualquer forma, o módulo de edição sonora do workshop será essencialmente feito com recurso ao software freeware Audacity.

CANDIDATURAS

Enviar um email par info[at]binauralmedia.org, com indicação do nome, morada, idade, email, URL, biografia resumida e motivações para a presença no laboratório.

Serão organizados laboratórios em função do número de candidaturas recebidas para a mesma zona geográfica.

Algumas fotos e video de workshops anteriores:

Vimioso, Portugal (Maio 2008):

IMG_8182.JPG IMG_8264.JPGIMG_8205.JPG IMG_8208.JPG IMG_8236.JPG IMG_8228.JPG

Nodar, Portugal (Agosto 2008):

_MG_1341.JPG _MG_1306.JPG IMG_1338.JPG IMG_1349.JPG IMG_1334.JPG IMG_1328.JPG[/fusion_text]

Laboratório de Som Territorial

Um workshop / laboratório dirigido por:

Luis Costa (PT)

OBJECTIVOS

No nosso mundo moderno hiper-visual, onde somos constantemente bombardeados por informação visual – televisão, publicidade, etc. – esquecemo-nos frequentemente de como ouvir. Os participantes no workshop serão guiados a “re-sintonizar” os seus ouvidos para dirigir a atenção ao mundo sonoro extremamente rico que os rodeia, a escutar activamente e de forma imaginativa, e não apenas a ouvir passivamente. Eles irão depois usar os seus ouvidos e novas ferramentas tecnológicas para criar uma composição sonora usando o mundo envolvente como instrumento.

O laboratório oferece uma introdução a:

  • Métodos para dirigir o ouvido à percepção detalhada do som
  • O uso do som para investigar as qualidades do espaço circundante e a nossa perspectiva do mesmo
  • Métodos e ferramentas para gravar sons do ambiente
  • Processos para organizar e criar uma biblioteca de sons
  • Perspectiva histórica da arte sonora e do uso de gravações de campo no contexto musical
  • Princípios básicos de acústica e de teoria de composição musical
  • Abordagens práticas à composição musical com gravações de campo

O laboratório será conduzido por dois artistas especializados na várias áreas em jogo (gravação de sons, processamento digital de áudio e composição musical por computador) e propõe uma abordagem de aplicação prática imediata dos conceitos e ferramentas, através do desenvolvimento de um projecto final que incluirá contribuições de todos os participantes.

PÚBLICO ALVO

Qualquer pessoa interessada em arte sonora e, genericamente, na prática artística experimental.

ESTRUTURA

1a Fase: Introdução ao Som

  • Breve resenha histórica da “música concreta” e arte sonora e exemplos de artistas contemporâneos que trabalham com gravações de campo (“fonografistas”)
  • Princípios básicos de acústica e da teoria da composição musical
  • Introdução ao conceito de “paisagem sonora”

2a Fase: Re-sintonizar os ouvidos

  • Desenvolvimento e alargamento da consciência para o espaço envolvente usando técnicas de concentração e relaxamento
  • Escuta activa dos sons do meio ambiente e discussão das suas características acústicas
  • Criação de uma lista de sons a gravar

3a Fase: Gravação de sons do ambiente

  • Introdução ao equipamento de gravação sonora. O papel de distintos tipos de microfones em diferentes cenários de captura sonora
  • Exercícios de gravação de sons ambientais
  • Introdução ao programa de edição sonora Audacity e à sua aplicação na pós-produção de sons gravados.
  • Breve introdução às técnicas de processamento de áudio digital e ao seu uso na manipulação dos sons gravados
  • Discussão em grupo, selecção e edição dos sons a serem usados na composição final

4a Fase: Composição sonora com gravações de campo

Os participantes desenvolverão no último dia do laboratório um breve projecto sonoro colaborativo, com utilização das várias noções e técnicas referidas nos módulos anteriores. A peça sonora final será objecto de apresentação e, na sua sequência, efectuar-se-á uma reflexão conjunta sobre os resultados alcançados e sobre as possibilidades adicionais a explorar.

DURAÇÃO E LOCALIZAÇÃO

2 Dias a tempo inteiro (8 horas diárias) ou 4 Dias a tempo parcial (4 horas diárias) em datas e locais a anunciar oportunamente.

REQUISITOS

É recomendável que aqueles que utilizam softwares de edição sonora ou de mistura multi-pista (Cool Edit Pro, Audacity, Logic Audio, Ableton Live, Pro Tools, etc.) possam trazer os seus computadores portáteis. De qualquer forma, o módulo de edição sonora do workshop será essencialmente feito com recurso ao software freeware Audacity.

CANDIDATURAS

Enviar um email par info[at]binauralmedia.org, com indicação do nome, morada, idade, email, URL, biografia resumida e motivações para a presença no laboratório.

Serão organizados laboratórios em função do número de candidaturas recebidas para a mesma zona geográfica.

Algumas fotos e video de workshops anteriores:

Vimioso, Portugal (Maio 2008):

IMG_8182.JPG IMG_8264.JPGIMG_8205.JPG IMG_8208.JPG IMG_8236.JPG IMG_8228.JPG

Nodar, Portugal (Agosto 2008):

_MG_1341.JPG _MG_1306.JPG IMG_1338.JPG IMG_1349.JPG IMG_1334.JPG IMG_1328.JPG[/fusion_text]

Laboratório de Som Territorial

Um workshop / laboratório dirigido por:

Luis Costa (PT)

OBJECTIVOS

No nosso mundo moderno hiper-visual, onde somos constantemente bombardeados por informação visual – televisão, publicidade, etc. – esquecemo-nos frequentemente de como ouvir. Os participantes no workshop serão guiados a “re-sintonizar” os seus ouvidos para dirigir a atenção ao mundo sonoro extremamente rico que os rodeia, a escutar activamente e de forma imaginativa, e não apenas a ouvir passivamente. Eles irão depois usar os seus ouvidos e novas ferramentas tecnológicas para criar uma composição sonora usando o mundo envolvente como instrumento.

O laboratório oferece uma introdução a:

  • Métodos para dirigir o ouvido à percepção detalhada do som
  • O uso do som para investigar as qualidades do espaço circundante e a nossa perspectiva do mesmo
  • Métodos e ferramentas para gravar sons do ambiente
  • Processos para organizar e criar uma biblioteca de sons
  • Perspectiva histórica da arte sonora e do uso de gravações de campo no contexto musical
  • Princípios básicos de acústica e de teoria de composição musical
  • Abordagens práticas à composição musical com gravações de campo

O laboratório será conduzido por dois artistas especializados na várias áreas em jogo (gravação de sons, processamento digital de áudio e composição musical por computador) e propõe uma abordagem de aplicação prática imediata dos conceitos e ferramentas, através do desenvolvimento de um projecto final que incluirá contribuições de todos os participantes.

PÚBLICO ALVO

Qualquer pessoa interessada em arte sonora e, genericamente, na prática artística experimental.

ESTRUTURA

1a Fase: Introdução ao Som

  • Breve resenha histórica da “música concreta” e arte sonora e exemplos de artistas contemporâneos que trabalham com gravações de campo (“fonografistas”)
  • Princípios básicos de acústica e da teoria da composição musical
  • Introdução ao conceito de “paisagem sonora”

2a Fase: Re-sintonizar os ouvidos

  • Desenvolvimento e alargamento da consciência para o espaço envolvente usando técnicas de concentração e relaxamento
  • Escuta activa dos sons do meio ambiente e discussão das suas características acústicas
  • Criação de uma lista de sons a gravar

3a Fase: Gravação de sons do ambiente

  • Introdução ao equipamento de gravação sonora. O papel de distintos tipos de microfones em diferentes cenários de captura sonora
  • Exercícios de gravação de sons ambientais
  • Introdução ao programa de edição sonora Audacity e à sua aplicação na pós-produção de sons gravados.
  • Breve introdução às técnicas de processamento de áudio digital e ao seu uso na manipulação dos sons gravados
  • Discussão em grupo, selecção e edição dos sons a serem usados na composição final

4a Fase: Composição sonora com gravações de campo

Os participantes desenvolverão no último dia do laboratório um breve projecto sonoro colaborativo, com utilização das várias noções e técnicas referidas nos módulos anteriores. A peça sonora final será objecto de apresentação e, na sua sequência, efectuar-se-á uma reflexão conjunta sobre os resultados alcançados e sobre as possibilidades adicionais a explorar.

DURAÇÃO E LOCALIZAÇÃO

2 Dias a tempo inteiro (8 horas diárias) ou 4 Dias a tempo parcial (4 horas diárias) em datas e locais a anunciar oportunamente.

REQUISITOS

É recomendável que aqueles que utilizam softwares de edição sonora ou de mistura multi-pista (Cool Edit Pro, Audacity, Logic Audio, Ableton Live, Pro Tools, etc.) possam trazer os seus computadores portáteis. De qualquer forma, o módulo de edição sonora do workshop será essencialmente feito com recurso ao software freeware Audacity.

CANDIDATURAS

Enviar um email par info[at]binauralmedia.org, com indicação do nome, morada, idade, email, URL, biografia resumida e motivações para a presença no laboratório.

Serão organizados laboratórios em função do número de candidaturas recebidas para a mesma zona geográfica.

Algumas fotos e video de workshops anteriores:

Vimioso, Portugal (Maio 2008):

IMG_8182.JPG IMG_8264.JPGIMG_8205.JPG IMG_8208.JPG IMG_8236.JPG IMG_8228.JPG

Nodar, Portugal (Agosto 2008):

_MG_1341.JPG _MG_1306.JPG IMG_1338.JPG IMG_1349.JPG IMG_1334.JPG IMG_1328.JPG

Laboratório de Som Territorial

Um workshop / laboratório dirigido por:

Luis Costa (PT)

OBJECTIVOS

No nosso mundo moderno hiper-visual, onde somos constantemente bombardeados por informação visual – televisão, publicidade, etc. – esquecemo-nos frequentemente de como ouvir. Os participantes no workshop serão guiados a “re-sintonizar” os seus ouvidos para dirigir a atenção ao mundo sonoro extremamente rico que os rodeia, a escutar activamente e de forma imaginativa, e não apenas a ouvir passivamente. Eles irão depois usar os seus ouvidos e novas ferramentas tecnológicas para criar uma composição sonora usando o mundo envolvente como instrumento.

O laboratório oferece uma introdução a:

  • Métodos para dirigir o ouvido à percepção detalhada do som
  • O uso do som para investigar as qualidades do espaço circundante e a nossa perspectiva do mesmo
  • Métodos e ferramentas para gravar sons do ambiente
  • Processos para organizar e criar uma biblioteca de sons
  • Perspectiva histórica da arte sonora e do uso de gravações de campo no contexto musical
  • Princípios básicos de acústica e de teoria de composição musical
  • Abordagens práticas à composição musical com gravações de campo

O laboratório será conduzido por dois artistas especializados na várias áreas em jogo (gravação de sons, processamento digital de áudio e composição musical por computador) e propõe uma abordagem de aplicação prática imediata dos conceitos e ferramentas, através do desenvolvimento de um projecto final que incluirá contribuições de todos os participantes.

PÚBLICO ALVO

Qualquer pessoa interessada em arte sonora e, genericamente, na prática artística experimental.

ESTRUTURA

1a Fase: Introdução ao Som

  • Breve resenha histórica da “música concreta” e arte sonora e exemplos de artistas contemporâneos que trabalham com gravações de campo (“fonografistas”)
  • Princípios básicos de acústica e da teoria da composição musical
  • Introdução ao conceito de “paisagem sonora”

2a Fase: Re-sintonizar os ouvidos

  • Desenvolvimento e alargamento da consciência para o espaço envolvente usando técnicas de concentração e relaxamento
  • Escuta activa dos sons do meio ambiente e discussão das suas características acústicas
  • Criação de uma lista de sons a gravar

3a Fase: Gravação de sons do ambiente

  • Introdução ao equipamento de gravação sonora. O papel de distintos tipos de microfones em diferentes cenários de captura sonora
  • Exercícios de gravação de sons ambientais
  • Introdução ao programa de edição sonora Audacity e à sua aplicação na pós-produção de sons gravados.
  • Breve introdução às técnicas de processamento de áudio digital e ao seu uso na manipulação dos sons gravados
  • Discussão em grupo, selecção e edição dos sons a serem usados na composição final

4a Fase: Composição sonora com gravações de campo

Os participantes desenvolverão no último dia do laboratório um breve projecto sonoro colaborativo, com utilização das várias noções e técnicas referidas nos módulos anteriores. A peça sonora final será objecto de apresentação e, na sua sequência, efectuar-se-á uma reflexão conjunta sobre os resultados alcançados e sobre as possibilidades adicionais a explorar.

DURAÇÃO E LOCALIZAÇÃO

2 Dias a tempo inteiro (8 horas diárias) ou 4 Dias a tempo parcial (4 horas diárias) em datas e locais a anunciar oportunamente.

REQUISITOS

É recomendável que aqueles que utilizam softwares de edição sonora ou de mistura multi-pista (Cool Edit Pro, Audacity, Logic Audio, Ableton Live, Pro Tools, etc.) possam trazer os seus computadores portáteis. De qualquer forma, o módulo de edição sonora do workshop será essencialmente feito com recurso ao software freeware Audacity.

CANDIDATURAS

Enviar um email par info[at]binauralmedia.org, com indicação do nome, morada, idade, email, URL, biografia resumida e motivações para a presença no laboratório.

Serão organizados laboratórios em função do número de candidaturas recebidas para a mesma zona geográfica.

Algumas fotos e video de workshops anteriores:

Vimioso, Portugal (Maio 2008):

IMG_8182.JPG IMG_8264.JPGIMG_8205.JPG IMG_8208.JPG IMG_8236.JPG IMG_8228.JPG

Nodar, Portugal (Agosto 2008):

_MG_1341.JPG _MG_1306.JPG IMG_1338.JPG IMG_1349.JPG IMG_1334.JPG IMG_1328.JPG

Laboratório de Som Territorial

Um workshop / laboratório dirigido por:

Luis Costa (PT)

OBJECTIVOS

No nosso mundo moderno hiper-visual, onde somos constantemente bombardeados por informação visual – televisão, publicidade, etc. – esquecemo-nos frequentemente de como ouvir. Os participantes no workshop serão guiados a “re-sintonizar” os seus ouvidos para dirigir a atenção ao mundo sonoro extremamente rico que os rodeia, a escutar activamente e de forma imaginativa, e não apenas a ouvir passivamente. Eles irão depois usar os seus ouvidos e novas ferramentas tecnológicas para criar uma composição sonora usando o mundo envolvente como instrumento.

O laboratório oferece uma introdução a:

  • Métodos para dirigir o ouvido à percepção detalhada do som
  • O uso do som para investigar as qualidades do espaço circundante e a nossa perspectiva do mesmo
  • Métodos e ferramentas para gravar sons do ambiente
  • Processos para organizar e criar uma biblioteca de sons
  • Perspectiva histórica da arte sonora e do uso de gravações de campo no contexto musical
  • Princípios básicos de acústica e de teoria de composição musical
  • Abordagens práticas à composição musical com gravações de campo

O laboratório será conduzido por dois artistas especializados na várias áreas em jogo (gravação de sons, processamento digital de áudio e composição musical por computador) e propõe uma abordagem de aplicação prática imediata dos conceitos e ferramentas, através do desenvolvimento de um projecto final que incluirá contribuições de todos os participantes.

PÚBLICO ALVO

Qualquer pessoa interessada em arte sonora e, genericamente, na prática artística experimental.

ESTRUTURA

1a Fase: Introdução ao Som

  • Breve resenha histórica da “música concreta” e arte sonora e exemplos de artistas contemporâneos que trabalham com gravações de campo (“fonografistas”)
  • Princípios básicos de acústica e da teoria da composição musical
  • Introdução ao conceito de “paisagem sonora”

2a Fase: Re-sintonizar os ouvidos

  • Desenvolvimento e alargamento da consciência para o espaço envolvente usando técnicas de concentração e relaxamento
  • Escuta activa dos sons do meio ambiente e discussão das suas características acústicas
  • Criação de uma lista de sons a gravar

3a Fase: Gravação de sons do ambiente

  • Introdução ao equipamento de gravação sonora. O papel de distintos tipos de microfones em diferentes cenários de captura sonora
  • Exercícios de gravação de sons ambientais
  • Introdução ao programa de edição sonora Audacity e à sua aplicação na pós-produção de sons gravados.
  • Breve introdução às técnicas de processamento de áudio digital e ao seu uso na manipulação dos sons gravados
  • Discussão em grupo, selecção e edição dos sons a serem usados na composição final

4a Fase: Composição sonora com gravações de campo

Os participantes desenvolverão no último dia do laboratório um breve projecto sonoro colaborativo, com utilização das várias noções e técnicas referidas nos módulos anteriores. A peça sonora final será objecto de apresentação e, na sua sequência, efectuar-se-á uma reflexão conjunta sobre os resultados alcançados e sobre as possibilidades adicionais a explorar.

DURAÇÃO E LOCALIZAÇÃO

2 Dias a tempo inteiro (8 horas diárias) ou 4 Dias a tempo parcial (4 horas diárias) em datas e locais a anunciar oportunamente.

REQUISITOS

É recomendável que aqueles que utilizam softwares de edição sonora ou de mistura multi-pista (Cool Edit Pro, Audacity, Logic Audio, Ableton Live, Pro Tools, etc.) possam trazer os seus computadores portáteis. De qualquer forma, o módulo de edição sonora do workshop será essencialmente feito com recurso ao software freeware Audacity.

CANDIDATURAS

Enviar um email par info[at]binauralmedia.org, com indicação do nome, morada, idade, email, URL, biografia resumida e motivações para a presença no laboratório.

Serão organizados laboratórios em função do número de candidaturas recebidas para a mesma zona geográfica.

Algumas fotos e video de workshops anteriores:

Vimioso, Portugal (Maio 2008):

IMG_8182.JPG IMG_8264.JPGIMG_8205.JPG IMG_8208.JPG IMG_8236.JPG IMG_8228.JPG

Nodar, Portugal (Agosto 2008):

_MG_1341.JPG _MG_1306.JPG IMG_1338.JPG IMG_1349.JPG IMG_1334.JPG IMG_1328.JPG

Laboratório de Som Territorial

Um workshop / laboratório dirigido por:

Luis Costa (PT)

OBJECTIVOS

No nosso mundo moderno hiper-visual, onde somos constantemente bombardeados por informação visual – televisão, publicidade, etc. – esquecemo-nos frequentemente de como ouvir. Os participantes no workshop serão guiados a “re-sintonizar” os seus ouvidos para dirigir a atenção ao mundo sonoro extremamente rico que os rodeia, a escutar activamente e de forma imaginativa, e não apenas a ouvir passivamente. Eles irão depois usar os seus ouvidos e novas ferramentas tecnológicas para criar uma composição sonora usando o mundo envolvente como instrumento.

O laboratório oferece uma introdução a:

  • Métodos para dirigir o ouvido à percepção detalhada do som
  • O uso do som para investigar as qualidades do espaço circundante e a nossa perspectiva do mesmo
  • Métodos e ferramentas para gravar sons do ambiente
  • Processos para organizar e criar uma biblioteca de sons
  • Perspectiva histórica da arte sonora e do uso de gravações de campo no contexto musical
  • Princípios básicos de acústica e de teoria de composição musical
  • Abordagens práticas à composição musical com gravações de campo

O laboratório será conduzido por dois artistas especializados na várias áreas em jogo (gravação de sons, processamento digital de áudio e composição musical por computador) e propõe uma abordagem de aplicação prática imediata dos conceitos e ferramentas, através do desenvolvimento de um projecto final que incluirá contribuições de todos os participantes.

PÚBLICO ALVO

Qualquer pessoa interessada em arte sonora e, genericamente, na prática artística experimental.

ESTRUTURA

1a Fase: Introdução ao Som

  • Breve resenha histórica da “música concreta” e arte sonora e exemplos de artistas contemporâneos que trabalham com gravações de campo (“fonografistas”)
  • Princípios básicos de acústica e da teoria da composição musical
  • Introdução ao conceito de “paisagem sonora”

2a Fase: Re-sintonizar os ouvidos

  • Desenvolvimento e alargamento da consciência para o espaço envolvente usando técnicas de concentração e relaxamento
  • Escuta activa dos sons do meio ambiente e discussão das suas características acústicas
  • Criação de uma lista de sons a gravar

3a Fase: Gravação de sons do ambiente

  • Introdução ao equipamento de gravação sonora. O papel de distintos tipos de microfones em diferentes cenários de captura sonora
  • Exercícios de gravação de sons ambientais
  • Introdução ao programa de edição sonora Audacity e à sua aplicação na pós-produção de sons gravados.
  • Breve introdução às técnicas de processamento de áudio digital e ao seu uso na manipulação dos sons gravados
  • Discussão em grupo, selecção e edição dos sons a serem usados na composição final

4a Fase: Composição sonora com gravações de campo

Os participantes desenvolverão no último dia do laboratório um breve projecto sonoro colaborativo, com utilização das várias noções e técnicas referidas nos módulos anteriores. A peça sonora final será objecto de apresentação e, na sua sequência, efectuar-se-á uma reflexão conjunta sobre os resultados alcançados e sobre as possibilidades adicionais a explorar.

DURAÇÃO E LOCALIZAÇÃO

2 Dias a tempo inteiro (8 horas diárias) ou 4 Dias a tempo parcial (4 horas diárias) em datas e locais a anunciar oportunamente.

REQUISITOS

É recomendável que aqueles que utilizam softwares de edição sonora ou de mistura multi-pista (Cool Edit Pro, Audacity, Logic Audio, Ableton Live, Pro Tools, etc.) possam trazer os seus computadores portáteis. De qualquer forma, o módulo de edição sonora do workshop será essencialmente feito com recurso ao software freeware Audacity.

CANDIDATURAS

Enviar um email par info[at]binauralmedia.org, com indicação do nome, morada, idade, email, URL, biografia resumida e motivações para a presença no laboratório.

Serão organizados laboratórios em função do número de candidaturas recebidas para a mesma zona geográfica.

Algumas fotos e video de workshops anteriores:

Vimioso, Portugal (Maio 2008):

IMG_8182.JPG IMG_8264.JPGIMG_8205.JPG IMG_8208.JPG IMG_8236.JPG IMG_8228.JPG

Nodar, Portugal (Agosto 2008):

_MG_1341.JPG _MG_1306.JPG IMG_1338.JPG IMG_1349.JPG IMG_1334.JPG IMG_1328.JPG

Laboratório de Som Territorial

Um workshop / laboratório dirigido por:

Luis Costa (PT)

OBJECTIVOS

No nosso mundo moderno hiper-visual, onde somos constantemente bombardeados por informação visual – televisão, publicidade, etc. – esquecemo-nos frequentemente de como ouvir. Os participantes no workshop serão guiados a “re-sintonizar” os seus ouvidos para dirigir a atenção ao mundo sonoro extremamente rico que os rodeia, a escutar activamente e de forma imaginativa, e não apenas a ouvir passivamente. Eles irão depois usar os seus ouvidos e novas ferramentas tecnológicas para criar uma composição sonora usando o mundo envolvente como instrumento.

O laboratório oferece uma introdução a:

  • Métodos para dirigir o ouvido à percepção detalhada do som
  • O uso do som para investigar as qualidades do espaço circundante e a nossa perspectiva do mesmo
  • Métodos e ferramentas para gravar sons do ambiente
  • Processos para organizar e criar uma biblioteca de sons
  • Perspectiva histórica da arte sonora e do uso de gravações de campo no contexto musical
  • Princípios básicos de acústica e de teoria de composição musical
  • Abordagens práticas à composição musical com gravações de campo

O laboratório será conduzido por dois artistas especializados na várias áreas em jogo (gravação de sons, processamento digital de áudio e composição musical por computador) e propõe uma abordagem de aplicação prática imediata dos conceitos e ferramentas, através do desenvolvimento de um projecto final que incluirá contribuições de todos os participantes.

PÚBLICO ALVO

Qualquer pessoa interessada em arte sonora e, genericamente, na prática artística experimental.

ESTRUTURA

1a Fase: Introdução ao Som

  • Breve resenha histórica da “música concreta” e arte sonora e exemplos de artistas contemporâneos que trabalham com gravações de campo (“fonografistas”)
  • Princípios básicos de acústica e da teoria da composição musical
  • Introdução ao conceito de “paisagem sonora”

2a Fase: Re-sintonizar os ouvidos

  • Desenvolvimento e alargamento da consciência para o espaço envolvente usando técnicas de concentração e relaxamento
  • Escuta activa dos sons do meio ambiente e discussão das suas características acústicas
  • Criação de uma lista de sons a gravar

3a Fase: Gravação de sons do ambiente

  • Introdução ao equipamento de gravação sonora. O papel de distintos tipos de microfones em diferentes cenários de captura sonora
  • Exercícios de gravação de sons ambientais
  • Introdução ao programa de edição sonora Audacity e à sua aplicação na pós-produção de sons gravados.
  • Breve introdução às técnicas de processamento de áudio digital e ao seu uso na manipulação dos sons gravados
  • Discussão em grupo, selecção e edição dos sons a serem usados na composição final

4a Fase: Composição sonora com gravações de campo

Os participantes desenvolverão no último dia do laboratório um breve projecto sonoro colaborativo, com utilização das várias noções e técnicas referidas nos módulos anteriores. A peça sonora final será objecto de apresentação e, na sua sequência, efectuar-se-á uma reflexão conjunta sobre os resultados alcançados e sobre as possibilidades adicionais a explorar.

DURAÇÃO E LOCALIZAÇÃO

2 Dias a tempo inteiro (8 horas diárias) ou 4 Dias a tempo parcial (4 horas diárias) em datas e locais a anunciar oportunamente.

REQUISITOS

É recomendável que aqueles que utilizam softwares de edição sonora ou de mistura multi-pista (Cool Edit Pro, Audacity, Logic Audio, Ableton Live, Pro Tools, etc.) possam trazer os seus computadores portáteis. De qualquer forma, o módulo de edição sonora do workshop será essencialmente feito com recurso ao software freeware Audacity.

CANDIDATURAS

Enviar um email par info[at]binauralmedia.org, com indicação do nome, morada, idade, email, URL, biografia resumida e motivações para a presença no laboratório.

Serão organizados laboratórios em função do número de candidaturas recebidas para a mesma zona geográfica.

Algumas fotos e video de workshops anteriores:

Vimioso, Portugal (Maio 2008):

IMG_8182.JPG IMG_8264.JPGIMG_8205.JPG IMG_8208.JPG IMG_8236.JPG IMG_8228.JPG

Nodar, Portugal (Agosto 2008):

_MG_1341.JPG _MG_1306.JPG IMG_1338.JPG IMG_1349.JPG IMG_1334.JPG IMG_1328.JPG

[/fusion_builder_row_inner]

Laboratório de Som Territorial

Um workshop / laboratório dirigido por:

Luis Costa (PT)

OBJECTIVOS

No nosso mundo moderno hiper-visual, onde somos constantemente bombardeados por informação visual – televisão, publicidade, etc. – esquecemo-nos frequentemente de como ouvir. Os participantes no workshop serão guiados a “re-sintonizar” os seus ouvidos para dirigir a atenção ao mundo sonoro extremamente rico que os rodeia, a escutar activamente e de forma imaginativa, e não apenas a ouvir passivamente. Eles irão depois usar os seus ouvidos e novas ferramentas tecnológicas para criar uma composição sonora usando o mundo envolvente como instrumento.

O laboratório oferece uma introdução a:

  • Métodos para dirigir o ouvido à percepção detalhada do som
  • O uso do som para investigar as qualidades do espaço circundante e a nossa perspectiva do mesmo
  • Métodos e ferramentas para gravar sons do ambiente
  • Processos para organizar e criar uma biblioteca de sons
  • Perspectiva histórica da arte sonora e do uso de gravações de campo no contexto musical
  • Princípios básicos de acústica e de teoria de composição musical
  • Abordagens práticas à composição musical com gravações de campo

O laboratório será conduzido por dois artistas especializados na várias áreas em jogo (gravação de sons, processamento digital de áudio e composição musical por computador) e propõe uma abordagem de aplicação prática imediata dos conceitos e ferramentas, através do desenvolvimento de um projecto final que incluirá contribuições de todos os participantes.

PÚBLICO ALVO

Qualquer pessoa interessada em arte sonora e, genericamente, na prática artística experimental.

ESTRUTURA

1a Fase: Introdução ao Som

  • Breve resenha histórica da “música concreta” e arte sonora e exemplos de artistas contemporâneos que trabalham com gravações de campo (“fonografistas”)
  • Princípios básicos de acústica e da teoria da composição musical
  • Introdução ao conceito de “paisagem sonora”

2a Fase: Re-sintonizar os ouvidos

  • Desenvolvimento e alargamento da consciência para o espaço envolvente usando técnicas de concentração e relaxamento
  • Escuta activa dos sons do meio ambiente e discussão das suas características acústicas
  • Criação de uma lista de sons a gravar

3a Fase: Gravação de sons do ambiente

  • Introdução ao equipamento de gravação sonora. O papel de distintos tipos de microfones em diferentes cenários de captura sonora
  • Exercícios de gravação de sons ambientais
  • Introdução ao programa de edição sonora Audacity e à sua aplicação na pós-produção de sons gravados.
  • Breve introdução às técnicas de processamento de áudio digital e ao seu uso na manipulação dos sons gravados
  • Discussão em grupo, selecção e edição dos sons a serem usados na composição final

4a Fase: Composição sonora com gravações de campo

Os participantes desenvolverão no último dia do laboratório um breve projecto sonoro colaborativo, com utilização das várias noções e técnicas referidas nos módulos anteriores. A peça sonora final será objecto de apresentação e, na sua sequência, efectuar-se-á uma reflexão conjunta sobre os resultados alcançados e sobre as possibilidades adicionais a explorar.

DURAÇÃO E LOCALIZAÇÃO

2 Dias a tempo inteiro (8 horas diárias) ou 4 Dias a tempo parcial (4 horas diárias) em datas e locais a anunciar oportunamente.

REQUISITOS

É recomendável que aqueles que utilizam softwares de edição sonora ou de mistura multi-pista (Cool Edit Pro, Audacity, Logic Audio, Ableton Live, Pro Tools, etc.) possam trazer os seus computadores portáteis. De qualquer forma, o módulo de edição sonora do workshop será essencialmente feito com recurso ao software freeware Audacity.

CANDIDATURAS

Enviar um email par info[at]binauralmedia.org, com indicação do nome, morada, idade, email, URL, biografia resumida e motivações para a presença no laboratório.

Serão organizados laboratórios em função do número de candidaturas recebidas para a mesma zona geográfica.

Algumas fotos e video de workshops anteriores:

Vimioso, Portugal (Maio 2008):

IMG_8182.JPG IMG_8264.JPGIMG_8205.JPG IMG_8208.JPG IMG_8236.JPG IMG_8228.JPG

Nodar, Portugal (Agosto 2008):

_MG_1341.JPG _MG_1306.JPG IMG_1338.JPG IMG_1349.JPG IMG_1334.JPG IMG_1328.JPG

Laboratório de Som Territorial

Um workshop / laboratório dirigido por:

Luis Costa (PT)

OBJECTIVOS

No nosso mundo moderno hiper-visual, onde somos constantemente bombardeados por informação visual – televisão, publicidade, etc. – esquecemo-nos frequentemente de como ouvir. Os participantes no workshop serão guiados a “re-sintonizar” os seus ouvidos para dirigir a atenção ao mundo sonoro extremamente rico que os rodeia, a escutar activamente e de forma imaginativa, e não apenas a ouvir passivamente. Eles irão depois usar os seus ouvidos e novas ferramentas tecnológicas para criar uma composição sonora usando o mundo envolvente como instrumento.

O laboratório oferece uma introdução a:

  • Métodos para dirigir o ouvido à percepção detalhada do som
  • O uso do som para investigar as qualidades do espaço circundante e a nossa perspectiva do mesmo
  • Métodos e ferramentas para gravar sons do ambiente
  • Processos para organizar e criar uma biblioteca de sons
  • Perspectiva histórica da arte sonora e do uso de gravações de campo no contexto musical
  • Princípios básicos de acústica e de teoria de composição musical
  • Abordagens práticas à composição musical com gravações de campo

O laboratório será conduzido por dois artistas especializados na várias áreas em jogo (gravação de sons, processamento digital de áudio e composição musical por computador) e propõe uma abordagem de aplicação prática imediata dos conceitos e ferramentas, através do desenvolvimento de um projecto final que incluirá contribuições de todos os participantes.

PÚBLICO ALVO

Qualquer pessoa interessada em arte sonora e, genericamente, na prática artística experimental.

ESTRUTURA

1a Fase: Introdução ao Som

  • Breve resenha histórica da “música concreta” e arte sonora e exemplos de artistas contemporâneos que trabalham com gravações de campo (“fonografistas”)
  • Princípios básicos de acústica e da teoria da composição musical
  • Introdução ao conceito de “paisagem sonora”

2a Fase: Re-sintonizar os ouvidos

  • Desenvolvimento e alargamento da consciência para o espaço envolvente usando técnicas de concentração e relaxamento
  • Escuta activa dos sons do meio ambiente e discussão das suas características acústicas
  • Criação de uma lista de sons a gravar

3a Fase: Gravação de sons do ambiente

  • Introdução ao equipamento de gravação sonora. O papel de distintos tipos de microfones em diferentes cenários de captura sonora
  • Exercícios de gravação de sons ambientais
  • Introdução ao programa de edição sonora Audacity e à sua aplicação na pós-produção de sons gravados.
  • Breve introdução às técnicas de processamento de áudio digital e ao seu uso na manipulação dos sons gravados
  • Discussão em grupo, selecção e edição dos sons a serem usados na composição final

4a Fase: Composição sonora com gravações de campo

Os participantes desenvolverão no último dia do laboratório um breve projecto sonoro colaborativo, com utilização das várias noções e técnicas referidas nos módulos anteriores. A peça sonora final será objecto de apresentação e, na sua sequência, efectuar-se-á uma reflexão conjunta sobre os resultados alcançados e sobre as possibilidades adicionais a explorar.

DURAÇÃO E LOCALIZAÇÃO

2 Dias a tempo inteiro (8 horas diárias) ou 4 Dias a tempo parcial (4 horas diárias) em datas e locais a anunciar oportunamente.

REQUISITOS

É recomendável que aqueles que utilizam softwares de edição sonora ou de mistura multi-pista (Cool Edit Pro, Audacity, Logic Audio, Ableton Live, Pro Tools, etc.) possam trazer os seus computadores portáteis. De qualquer forma, o módulo de edição sonora do workshop será essencialmente feito com recurso ao software freeware Audacity.

CANDIDATURAS

Enviar um email par info[at]binauralmedia.org, com indicação do nome, morada, idade, email, URL, biografia resumida e motivações para a presença no laboratório.

Serão organizados laboratórios em função do número de candidaturas recebidas para a mesma zona geográfica.

Algumas fotos e video de workshops anteriores:

Vimioso, Portugal (Maio 2008):

IMG_8182.JPG IMG_8264.JPGIMG_8205.JPG IMG_8208.JPG IMG_8236.JPG IMG_8228.JPG

Nodar, Portugal (Agosto 2008):

_MG_1341.JPG _MG_1306.JPG IMG_1338.JPG IMG_1349.JPG IMG_1334.JPG IMG_1328.JPG

Laboratório de Som Territorial

Um workshop / laboratório dirigido por:

Luis Costa (PT)

OBJECTIVOS

No nosso mundo moderno hiper-visual, onde somos constantemente bombardeados por informação visual – televisão, publicidade, etc. – esquecemo-nos frequentemente de como ouvir. Os participantes no workshop serão guiados a “re-sintonizar” os seus ouvidos para dirigir a atenção ao mundo sonoro extremamente rico que os rodeia, a escutar activamente e de forma imaginativa, e não apenas a ouvir passivamente. Eles irão depois usar os seus ouvidos e novas ferramentas tecnológicas para criar uma composição sonora usando o mundo envolvente como instrumento.

O laboratório oferece uma introdução a:

  • Métodos para dirigir o ouvido à percepção detalhada do som
  • O uso do som para investigar as qualidades do espaço circundante e a nossa perspectiva do mesmo
  • Métodos e ferramentas para gravar sons do ambiente
  • Processos para organizar e criar uma biblioteca de sons
  • Perspectiva histórica da arte sonora e do uso de gravações de campo no contexto musical
  • Princípios básicos de acústica e de teoria de composição musical
  • Abordagens práticas à composição musical com gravações de campo

O laboratório será conduzido por dois artistas especializados na várias áreas em jogo (gravação de sons, processamento digital de áudio e composição musical por computador) e propõe uma abordagem de aplicação prática imediata dos conceitos e ferramentas, através do desenvolvimento de um projecto final que incluirá contribuições de todos os participantes.

PÚBLICO ALVO

Qualquer pessoa interessada em arte sonora e, genericamente, na prática artística experimental.

ESTRUTURA

1a Fase: Introdução ao Som

  • Breve resenha histórica da “música concreta” e arte sonora e exemplos de artistas contemporâneos que trabalham com gravações de campo (“fonografistas”)
  • Princípios básicos de acústica e da teoria da composição musical
  • Introdução ao conceito de “paisagem sonora”

2a Fase: Re-sintonizar os ouvidos

  • Desenvolvimento e alargamento da consciência para o espaço envolvente usando técnicas de concentração e relaxamento
  • Escuta activa dos sons do meio ambiente e discussão das suas características acústicas
  • Criação de uma lista de sons a gravar

3a Fase: Gravação de sons do ambiente

  • Introdução ao equipamento de gravação sonora. O papel de distintos tipos de microfones em diferentes cenários de captura sonora
  • Exercícios de gravação de sons ambientais
  • Introdução ao programa de edição sonora Audacity e à sua aplicação na pós-produção de sons gravados.
  • Breve introdução às técnicas de processamento de áudio digital e ao seu uso na manipulação dos sons gravados
  • Discussão em grupo, selecção e edição dos sons a serem usados na composição final

4a Fase: Composição sonora com gravações de campo

Os participantes desenvolverão no último dia do laboratório um breve projecto sonoro colaborativo, com utilização das várias noções e técnicas referidas nos módulos anteriores. A peça sonora final será objecto de apresentação e, na sua sequência, efectuar-se-á uma reflexão conjunta sobre os resultados alcançados e sobre as possibilidades adicionais a explorar.

DURAÇÃO E LOCALIZAÇÃO

2 Dias a tempo inteiro (8 horas diárias) ou 4 Dias a tempo parcial (4 horas diárias) em datas e locais a anunciar oportunamente.

REQUISITOS

É recomendável que aqueles que utilizam softwares de edição sonora ou de mistura multi-pista (Cool Edit Pro, Audacity, Logic Audio, Ableton Live, Pro Tools, etc.) possam trazer os seus computadores portáteis. De qualquer forma, o módulo de edição sonora do workshop será essencialmente feito com recurso ao software freeware Audacity.

CANDIDATURAS

Enviar um email par info[at]binauralmedia.org, com indicação do nome, morada, idade, email, URL, biografia resumida e motivações para a presença no laboratório.

Serão organizados laboratórios em função do número de candidaturas recebidas para a mesma zona geográfica.

Algumas fotos e video de workshops anteriores:

Vimioso, Portugal (Maio 2008):

IMG_8182.JPG IMG_8264.JPGIMG_8205.JPG IMG_8208.JPG IMG_8236.JPG IMG_8228.JPG

Nodar, Portugal (Agosto 2008):

_MG_1341.JPG _MG_1306.JPG IMG_1338.JPG IMG_1349.JPG IMG_1334.JPG IMG_1328.JPG

Laboratório de Som Territorial

Um workshop / laboratório dirigido por:

Luis Costa (PT)

OBJECTIVOS

No nosso mundo moderno hiper-visual, onde somos constantemente bombardeados por informação visual – televisão, publicidade, etc. – esquecemo-nos frequentemente de como ouvir. Os participantes no workshop serão guiados a “re-sintonizar” os seus ouvidos para dirigir a atenção ao mundo sonoro extremamente rico que os rodeia, a escutar activamente e de forma imaginativa, e não apenas a ouvir passivamente. Eles irão depois usar os seus ouvidos e novas ferramentas tecnológicas para criar uma composição sonora usando o mundo envolvente como instrumento.

O laboratório oferece uma introdução a:

  • Métodos para dirigir o ouvido à percepção detalhada do som
  • O uso do som para investigar as qualidades do espaço circundante e a nossa perspectiva do mesmo
  • Métodos e ferramentas para gravar sons do ambiente
  • Processos para organizar e criar uma biblioteca de sons
  • Perspectiva histórica da arte sonora e do uso de gravações de campo no contexto musical
  • Princípios básicos de acústica e de teoria de composição musical
  • Abordagens práticas à composição musical com gravações de campo

O laboratório será conduzido por dois artistas especializados na várias áreas em jogo (gravação de sons, processamento digital de áudio e composição musical por computador) e propõe uma abordagem de aplicação prática imediata dos conceitos e ferramentas, através do desenvolvimento de um projecto final que incluirá contribuições de todos os participantes.

PÚBLICO ALVO

Qualquer pessoa interessada em arte sonora e, genericamente, na prática artística experimental.

ESTRUTURA

1a Fase: Introdução ao Som

  • Breve resenha histórica da “música concreta” e arte sonora e exemplos de artistas contemporâneos que trabalham com gravações de campo (“fonografistas”)
  • Princípios básicos de acústica e da teoria da composição musical
  • Introdução ao conceito de “paisagem sonora”

2a Fase: Re-sintonizar os ouvidos

  • Desenvolvimento e alargamento da consciência para o espaço envolvente usando técnicas de concentração e relaxamento
  • Escuta activa dos sons do meio ambiente e discussão das suas características acústicas
  • Criação de uma lista de sons a gravar

3a Fase: Gravação de sons do ambiente

  • Introdução ao equipamento de gravação sonora. O papel de distintos tipos de microfones em diferentes cenários de captura sonora
  • Exercícios de gravação de sons ambientais
  • Introdução ao programa de edição sonora Audacity e à sua aplicação na pós-produção de sons gravados.
  • Breve introdução às técnicas de processamento de áudio digital e ao seu uso na manipulação dos sons gravados
  • Discussão em grupo, selecção e edição dos sons a serem usados na composição final

4a Fase: Composição sonora com gravações de campo

Os participantes desenvolverão no último dia do laboratório um breve projecto sonoro colaborativo, com utilização das várias noções e técnicas referidas nos módulos anteriores. A peça sonora final será objecto de apresentação e, na sua sequência, efectuar-se-á uma reflexão conjunta sobre os resultados alcançados e sobre as possibilidades adicionais a explorar.

DURAÇÃO E LOCALIZAÇÃO

2 Dias a tempo inteiro (8 horas diárias) ou 4 Dias a tempo parcial (4 horas diárias) em datas e locais a anunciar oportunamente.

REQUISITOS

É recomendável que aqueles que utilizam softwares de edição sonora ou de mistura multi-pista (Cool Edit Pro, Audacity, Logic Audio, Ableton Live, Pro Tools, etc.) possam trazer os seus computadores portáteis. De qualquer forma, o módulo de edição sonora do workshop será essencialmente feito com recurso ao software freeware Audacity.

CANDIDATURAS

Enviar um email par info[at]binauralmedia.org, com indicação do nome, morada, idade, email, URL, biografia resumida e motivações para a presença no laboratório.

Serão organizados laboratórios em função do número de candidaturas recebidas para a mesma zona geográfica.

Algumas fotos e video de workshops anteriores:

Vimioso, Portugal (Maio 2008):

IMG_8182.JPG IMG_8264.JPGIMG_8205.JPG IMG_8208.JPG IMG_8236.JPG IMG_8228.JPG

Nodar, Portugal (Agosto 2008):

_MG_1341.JPG _MG_1306.JPG IMG_1338.JPG IMG_1349.JPG IMG_1334.JPG IMG_1328.JPG

Laboratório de Som Territorial

Um workshop / laboratório dirigido por:

Luis Costa (PT)

OBJECTIVOS

No nosso mundo moderno hiper-visual, onde somos constantemente bombardeados por informação visual – televisão, publicidade, etc. – esquecemo-nos frequentemente de como ouvir. Os participantes no workshop serão guiados a “re-sintonizar” os seus ouvidos para dirigir a atenção ao mundo sonoro extremamente rico que os rodeia, a escutar activamente e de forma imaginativa, e não apenas a ouvir passivamente. Eles irão depois usar os seus ouvidos e novas ferramentas tecnológicas para criar uma composição sonora usando o mundo envolvente como instrumento.

O laboratório oferece uma introdução a:

  • Métodos para dirigir o ouvido à percepção detalhada do som
  • O uso do som para investigar as qualidades do espaço circundante e a nossa perspectiva do mesmo
  • Métodos e ferramentas para gravar sons do ambiente
  • Processos para organizar e criar uma biblioteca de sons
  • Perspectiva histórica da arte sonora e do uso de gravações de campo no contexto musical
  • Princípios básicos de acústica e de teoria de composição musical
  • Abordagens práticas à composição musical com gravações de campo

O laboratório será conduzido por dois artistas especializados na várias áreas em jogo (gravação de sons, processamento digital de áudio e composição musical por computador) e propõe uma abordagem de aplicação prática imediata dos conceitos e ferramentas, através do desenvolvimento de um projecto final que incluirá contribuições de todos os participantes.

PÚBLICO ALVO

Qualquer pessoa interessada em arte sonora e, genericamente, na prática artística experimental.

ESTRUTURA

1a Fase: Introdução ao Som

  • Breve resenha histórica da “música concreta” e arte sonora e exemplos de artistas contemporâneos que trabalham com gravações de campo (“fonografistas”)
  • Princípios básicos de acústica e da teoria da composição musical
  • Introdução ao conceito de “paisagem sonora”

2a Fase: Re-sintonizar os ouvidos

  • Desenvolvimento e alargamento da consciência para o espaço envolvente usando técnicas de concentração e relaxamento
  • Escuta activa dos sons do meio ambiente e discussão das suas características acústicas
  • Criação de uma lista de sons a gravar

3a Fase: Gravação de sons do ambiente

  • Introdução ao equipamento de gravação sonora. O papel de distintos tipos de microfones em diferentes cenários de captura sonora
  • Exercícios de gravação de sons ambientais
  • Introdução ao programa de edição sonora Audacity e à sua aplicação na pós-produção de sons gravados.
  • Breve introdução às técnicas de processamento de áudio digital e ao seu uso na manipulação dos sons gravados
  • Discussão em grupo, selecção e edição dos sons a serem usados na composição final

4a Fase: Composição sonora com gravações de campo

Os participantes desenvolverão no último dia do laboratório um breve projecto sonoro colaborativo, com utilização das várias noções e técnicas referidas nos módulos anteriores. A peça sonora final será objecto de apresentação e, na sua sequência, efectuar-se-á uma reflexão conjunta sobre os resultados alcançados e sobre as possibilidades adicionais a explorar.

DURAÇÃO E LOCALIZAÇÃO

2 Dias a tempo inteiro (8 horas diárias) ou 4 Dias a tempo parcial (4 horas diárias) em datas e locais a anunciar oportunamente.

REQUISITOS

É recomendável que aqueles que utilizam softwares de edição sonora ou de mistura multi-pista (Cool Edit Pro, Audacity, Logic Audio, Ableton Live, Pro Tools, etc.) possam trazer os seus computadores portáteis. De qualquer forma, o módulo de edição sonora do workshop será essencialmente feito com recurso ao software freeware Audacity.

CANDIDATURAS

Enviar um email par info[at]binauralmedia.org, com indicação do nome, morada, idade, email, URL, biografia resumida e motivações para a presença no laboratório.

Serão organizados laboratórios em função do número de candidaturas recebidas para a mesma zona geográfica.

Algumas fotos e video de workshops anteriores:

Vimioso, Portugal (Maio 2008):

IMG_8182.JPG IMG_8264.JPGIMG_8205.JPG IMG_8208.JPG IMG_8236.JPG IMG_8228.JPG

Nodar, Portugal (Agosto 2008):

_MG_1341.JPG _MG_1306.JPG IMG_1338.JPG IMG_1349.JPG IMG_1334.JPG IMG_1328.JPG

Laboratório de Som Territorial

Um workshop / laboratório dirigido por:

Luis Costa (PT)

OBJECTIVOS

No nosso mundo moderno hiper-visual, onde somos constantemente bombardeados por informação visual – televisão, publicidade, etc. – esquecemo-nos frequentemente de como ouvir. Os participantes no workshop serão guiados a “re-sintonizar” os seus ouvidos para dirigir a atenção ao mundo sonoro extremamente rico que os rodeia, a escutar activamente e de forma imaginativa, e não apenas a ouvir passivamente. Eles irão depois usar os seus ouvidos e novas ferramentas tecnológicas para criar uma composição sonora usando o mundo envolvente como instrumento.

O laboratório oferece uma introdução a:

  • Métodos para dirigir o ouvido à percepção detalhada do som
  • O uso do som para investigar as qualidades do espaço circundante e a nossa perspectiva do mesmo
  • Métodos e ferramentas para gravar sons do ambiente
  • Processos para organizar e criar uma biblioteca de sons
  • Perspectiva histórica da arte sonora e do uso de gravações de campo no contexto musical
  • Princípios básicos de acústica e de teoria de composição musical
  • Abordagens práticas à composição musical com gravações de campo

O laboratório será conduzido por dois artistas especializados na várias áreas em jogo (gravação de sons, processamento digital de áudio e composição musical por computador) e propõe uma abordagem de aplicação prática imediata dos conceitos e ferramentas, através do desenvolvimento de um projecto final que incluirá contribuições de todos os participantes.

PÚBLICO ALVO

Qualquer pessoa interessada em arte sonora e, genericamente, na prática artística experimental.

ESTRUTURA

1a Fase: Introdução ao Som

  • Breve resenha histórica da “música concreta” e arte sonora e exemplos de artistas contemporâneos que trabalham com gravações de campo (“fonografistas”)
  • Princípios básicos de acústica e da teoria da composição musical
  • Introdução ao conceito de “paisagem sonora”

2a Fase: Re-sintonizar os ouvidos

  • Desenvolvimento e alargamento da consciência para o espaço envolvente usando técnicas de concentração e relaxamento
  • Escuta activa dos sons do meio ambiente e discussão das suas características acústicas
  • Criação de uma lista de sons a gravar

3a Fase: Gravação de sons do ambiente

  • Introdução ao equipamento de gravação sonora. O papel de distintos tipos de microfones em diferentes cenários de captura sonora
  • Exercícios de gravação de sons ambientais
  • Introdução ao programa de edição sonora Audacity e à sua aplicação na pós-produção de sons gravados.
  • Breve introdução às técnicas de processamento de áudio digital e ao seu uso na manipulação dos sons gravados
  • Discussão em grupo, selecção e edição dos sons a serem usados na composição final

4a Fase: Composição sonora com gravações de campo

Os participantes desenvolverão no último dia do laboratório um breve projecto sonoro colaborativo, com utilização das várias noções e técnicas referidas nos módulos anteriores. A peça sonora final será objecto de apresentação e, na sua sequência, efectuar-se-á uma reflexão conjunta sobre os resultados alcançados e sobre as possibilidades adicionais a explorar.

DURAÇÃO E LOCALIZAÇÃO

2 Dias a tempo inteiro (8 horas diárias) ou 4 Dias a tempo parcial (4 horas diárias) em datas e locais a anunciar oportunamente.

REQUISITOS

É recomendável que aqueles que utilizam softwares de edição sonora ou de mistura multi-pista (Cool Edit Pro, Audacity, Logic Audio, Ableton Live, Pro Tools, etc.) possam trazer os seus computadores portáteis. De qualquer forma, o módulo de edição sonora do workshop será essencialmente feito com recurso ao software freeware Audacity.

CANDIDATURAS

Enviar um email par info[at]binauralmedia.org, com indicação do nome, morada, idade, email, URL, biografia resumida e motivações para a presença no laboratório.

Serão organizados laboratórios em função do número de candidaturas recebidas para a mesma zona geográfica.

Algumas fotos e video de workshops anteriores:

Vimioso, Portugal (Maio 2008):

IMG_8182.JPG IMG_8264.JPGIMG_8205.JPG IMG_8208.JPG IMG_8236.JPG IMG_8228.JPG

Nodar, Portugal (Agosto 2008):

_MG_1341.JPG _MG_1306.JPG IMG_1338.JPG IMG_1349.JPG IMG_1334.JPG IMG_1328.JPG

Laboratório de Som Territorial

Um workshop / laboratório dirigido por:

Luis Costa (PT)

OBJECTIVOS

No nosso mundo moderno hiper-visual, onde somos constantemente bombardeados por informação visual – televisão, publicidade, etc. – esquecemo-nos frequentemente de como ouvir. Os participantes no workshop serão guiados a “re-sintonizar” os seus ouvidos para dirigir a atenção ao mundo sonoro extremamente rico que os rodeia, a escutar activamente e de forma imaginativa, e não apenas a ouvir passivamente. Eles irão depois usar os seus ouvidos e novas ferramentas tecnológicas para criar uma composição sonora usando o mundo envolvente como instrumento.

O laboratório oferece uma introdução a:

  • Métodos para dirigir o ouvido à percepção detalhada do som
  • O uso do som para investigar as qualidades do espaço circundante e a nossa perspectiva do mesmo
  • Métodos e ferramentas para gravar sons do ambiente
  • Processos para organizar e criar uma biblioteca de sons
  • Perspectiva histórica da arte sonora e do uso de gravações de campo no contexto musical
  • Princípios básicos de acústica e de teoria de composição musical
  • Abordagens práticas à composição musical com gravações de campo

O laboratório será conduzido por dois artistas especializados na várias áreas em jogo (gravação de sons, processamento digital de áudio e composição musical por computador) e propõe uma abordagem de aplicação prática imediata dos conceitos e ferramentas, através do desenvolvimento de um projecto final que incluirá contribuições de todos os participantes.

PÚBLICO ALVO

Qualquer pessoa interessada em arte sonora e, genericamente, na prática artística experimental.

ESTRUTURA

1a Fase: Introdução ao Som

  • Breve resenha histórica da “música concreta” e arte sonora e exemplos de artistas contemporâneos que trabalham com gravações de campo (“fonografistas”)
  • Princípios básicos de acústica e da teoria da composição musical
  • Introdução ao conceito de “paisagem sonora”

2a Fase: Re-sintonizar os ouvidos

  • Desenvolvimento e alargamento da consciência para o espaço envolvente usando técnicas de concentração e relaxamento
  • Escuta activa dos sons do meio ambiente e discussão das suas características acústicas
  • Criação de uma lista de sons a gravar

3a Fase: Gravação de sons do ambiente

  • Introdução ao equipamento de gravação sonora. O papel de distintos tipos de microfones em diferentes cenários de captura sonora
  • Exercícios de gravação de sons ambientais
  • Introdução ao programa de edição sonora Audacity e à sua aplicação na pós-produção de sons gravados.
  • Breve introdução às técnicas de processamento de áudio digital e ao seu uso na manipulação dos sons gravados
  • Discussão em grupo, selecção e edição dos sons a serem usados na composição final

4a Fase: Composição sonora com gravações de campo

Os participantes desenvolverão no último dia do laboratório um breve projecto sonoro colaborativo, com utilização das várias noções e técnicas referidas nos módulos anteriores. A peça sonora final será objecto de apresentação e, na sua sequência, efectuar-se-á uma reflexão conjunta sobre os resultados alcançados e sobre as possibilidades adicionais a explorar.

DURAÇÃO E LOCALIZAÇÃO

2 Dias a tempo inteiro (8 horas diárias) ou 4 Dias a tempo parcial (4 horas diárias) em datas e locais a anunciar oportunamente.

REQUISITOS

É recomendável que aqueles que utilizam softwares de edição sonora ou de mistura multi-pista (Cool Edit Pro, Audacity, Logic Audio, Ableton Live, Pro Tools, etc.) possam trazer os seus computadores portáteis. De qualquer forma, o módulo de edição sonora do workshop será essencialmente feito com recurso ao software freeware Audacity.

CANDIDATURAS

Enviar um email par info

[at]binauralmedia.org, com indicação do nome, morada, idade, email, URL, biografia resumida e motivações para a presença no laboratório.

Serão organizados laboratórios em função do número de candidaturas recebidas para a mesma zona geográfica.

Algumas fotos e video de workshops anteriores:

Vimioso, Portugal (Maio 2008):

IMG_8182.JPG IMG_8264.JPGIMG_8205.JPG IMG_8208.JPG IMG_8236.JPG IMG_8228.JPG

Nodar, Portugal (Agosto 2008):

_MG_1341.JPG _MG_1306.JPG IMG_1338.JPG IMG_1349.JPG IMG_1334.JPG IMG_1328.JPG[/fusion_text]

Laboratório de Som Territorial

Um workshop / laboratório dirigido por:

Luis Costa (PT)

OBJECTIVOS

No nosso mundo moderno hiper-visual, onde somos constantemente bombardeados por informação visual – televisão, publicidade, etc. – esquecemo-nos frequentemente de como ouvir. Os participantes no workshop serão guiados a “re-sintonizar” os seus ouvidos para dirigir a atenção ao mundo sonoro extremamente rico que os rodeia, a escutar activamente e de forma imaginativa, e não apenas a ouvir passivamente. Eles irão depois usar os seus ouvidos e novas ferramentas tecnológicas para criar uma composição sonora usando o mundo envolvente como instrumento.

O laboratório oferece uma introdução a:

  • Métodos para dirigir o ouvido à percepção detalhada do som
  • O uso do som para investigar as qualidades do espaço circundante e a nossa perspectiva do mesmo
  • Métodos e ferramentas para gravar sons do ambiente
  • Processos para organizar e criar uma biblioteca de sons
  • Perspectiva histórica da arte sonora e do uso de gravações de campo no contexto musical
  • Princípios básicos de acústica e de teoria de composição musical
  • Abordagens práticas à composição musical com gravações de campo

O laboratório será conduzido por dois artistas especializados na várias áreas em jogo (gravação de sons, processamento digital de áudio e composição musical por computador) e propõe uma abordagem de aplicação prática imediata dos conceitos e ferramentas, através do desenvolvimento de um projecto final que incluirá contribuições de todos os participantes.

PÚBLICO ALVO

Qualquer pessoa interessada em arte sonora e, genericamente, na prática artística experimental.

ESTRUTURA

1a Fase: Introdução ao Som

  • Breve resenha histórica da “música concreta” e arte sonora e exemplos de artistas contemporâneos que trabalham com gravações de campo (“fonografistas”)
  • Princípios básicos de acústica e da teoria da composição musical
  • Introdução ao conceito de “paisagem sonora”

2a Fase: Re-sintonizar os ouvidos

  • Desenvolvimento e alargamento da consciência para o espaço envolvente usando técnicas de concentração e relaxamento
  • Escuta activa dos sons do meio ambiente e discussão das suas características acústicas
  • Criação de uma lista de sons a gravar

3a Fase: Gravação de sons do ambiente

  • Introdução ao equipamento de gravação sonora. O papel de distintos tipos de microfones em diferentes cenários de captura sonora
  • Exercícios de gravação de sons ambientais
  • Introdução ao programa de edição sonora Audacity e à sua aplicação na pós-produção de sons gravados.
  • Breve introdução às técnicas de processamento de áudio digital e ao seu uso na manipulação dos sons gravados
  • Discussão em grupo, selecção e edição dos sons a serem usados na composição final

4a Fase: Composição sonora com gravações de campo

Os participantes desenvolverão no último dia do laboratório um breve projecto sonoro colaborativo, com utilização das várias noções e técnicas referidas nos módulos anteriores. A peça sonora final será objecto de apresentação e, na sua sequência, efectuar-se-á uma reflexão conjunta sobre os resultados alcançados e sobre as possibilidades adicionais a explorar.

DURAÇÃO E LOCALIZAÇÃO

2 Dias a tempo inteiro (8 horas diárias) ou 4 Dias a tempo parcial (4 horas diárias) em datas e locais a anunciar oportunamente.

REQUISITOS

É recomendável que aqueles que utilizam softwares de edição sonora ou de mistura multi-pista (Cool Edit Pro, Audacity, Logic Audio, Ableton Live, Pro Tools, etc.) possam trazer os seus computadores portáteis. De qualquer forma, o módulo de edição sonora do workshop será essencialmente feito com recurso ao software freeware Audacity.

CANDIDATURAS

Enviar um email par info[at]binauralmedia.org, com indicação do nome, morada, idade, email, URL, biografia resumida e motivações para a presença no laboratório.

Serão organizados laboratórios em função do número de candidaturas recebidas para a mesma zona geográfica.

Algumas fotos e video de workshops anteriores:

Vimioso, Portugal (Maio 2008):

IMG_8182.JPG IMG_8264.JPGIMG_8205.JPG IMG_8208.JPG IMG_8236.JPG IMG_8228.JPG

Nodar, Portugal (Agosto 2008):

_MG_1341.JPG _MG_1306.JPG IMG_1338.JPG IMG_1349.JPG IMG_1334.JPG IMG_1328.JPG

Laboratório de Som Territorial

Um workshop / laboratório dirigido por:

Luis Costa (PT)

OBJECTIVOS

No nosso mundo moderno hiper-visual, onde somos constantemente bombardeados por informação visual – televisão, publicidade, etc. – esquecemo-nos frequentemente de como ouvir. Os participantes no workshop serão guiados a “re-sintonizar” os seus ouvidos para dirigir a atenção ao mundo sonoro extremamente rico que os rodeia, a escutar activamente e de forma imaginativa, e não apenas a ouvir passivamente. Eles irão depois usar os seus ouvidos e novas ferramentas tecnológicas para criar uma composição sonora usando o mundo envolvente como instrumento.

O laboratório oferece uma introdução a:

  • Métodos para dirigir o ouvido à percepção detalhada do som
  • O uso do som para investigar as qualidades do espaço circundante e a nossa perspectiva do mesmo
  • Métodos e ferramentas para gravar sons do ambiente
  • Processos para organizar e criar uma biblioteca de sons
  • Perspectiva histórica da arte sonora e do uso de gravações de campo no contexto musical
  • Princípios básicos de acústica e de teoria de composição musical
  • Abordagens práticas à composição musical com gravações de campo

O laboratório será conduzido por dois artistas especializados na várias áreas em jogo (gravação de sons, processamento digital de áudio e composição musical por computador) e propõe uma abordagem de aplicação prática imediata dos conceitos e ferramentas, através do desenvolvimento de um projecto final que incluirá contribuições de todos os participantes.

PÚBLICO ALVO

Qualquer pessoa interessada em arte sonora e, genericamente, na prática artística experimental.

ESTRUTURA

1a Fase: Introdução ao Som

  • Breve resenha histórica da “música concreta” e arte sonora e exemplos de artistas contemporâneos que trabalham com gravações de campo (“fonografistas”)
  • Princípios básicos de acústica e da teoria da composição musical
  • Introdução ao conceito de “paisagem sonora”

2a Fase: Re-sintonizar os ouvidos

  • Desenvolvimento e alargamento da consciência para o espaço envolvente usando técnicas de concentração e relaxamento
  • Escuta activa dos sons do meio ambiente e discussão das suas características acústicas
  • Criação de uma lista de sons a gravar

3a Fase: Gravação de sons do ambiente

  • Introdução ao equipamento de gravação sonora. O papel de distintos tipos de microfones em diferentes cenários de captura sonora
  • Exercícios de gravação de sons ambientais
  • Introdução ao programa de edição sonora Audacity e à sua aplicação na pós-produção de sons gravados.
  • Breve introdução às técnicas de processamento de áudio digital e ao seu uso na manipulação dos sons gravados
  • Discussão em grupo, selecção e edição dos sons a serem usados na composição final

4a Fase: Composição sonora com gravações de campo

Os participantes desenvolverão no último dia do laboratório um breve projecto sonoro colaborativo, com utilização das várias noções e técnicas referidas nos módulos anteriores. A peça sonora final será objecto de apresentação e, na sua sequência, efectuar-se-á uma reflexão conjunta sobre os resultados alcançados e sobre as possibilidades adicionais a explorar.

DURAÇÃO E LOCALIZAÇÃO

2 Dias a tempo inteiro (8 horas diárias) ou 4 Dias a tempo parcial (4 horas diárias) em datas e locais a anunciar oportunamente.

REQUISITOS

É recomendável que aqueles que utilizam softwares de edição sonora ou de mistura multi-pista (Cool Edit Pro, Audacity, Logic Audio, Ableton Live, Pro Tools, etc.) possam trazer os seus computadores portáteis. De qualquer forma, o módulo de edição sonora do workshop será essencialmente feito com recurso ao software freeware Audacity.

CANDIDATURAS

Enviar um email par info[at]binauralmedia.org, com indicação do nome, morada, idade, email, URL, biografia resumida e motivações para a presença no laboratório.

Serão organizados laboratórios em função do número de candidaturas recebidas para a mesma zona geográfica.

Algumas fotos e video de workshops anteriores:

Vimioso, Portugal (Maio 2008):

IMG_8182.JPG IMG_8264.JPGIMG_8205.JPG IMG_8208.JPG IMG_8236.JPG IMG_8228.JPG

Nodar, Portugal (Agosto 2008):

_MG_1341.JPG _MG_1306.JPG IMG_1338.JPG IMG_1349.JPG IMG_1334.JPG IMG_1328.JPG

Laboratório de Som Territorial

Um workshop / laboratório dirigido por:

Luis Costa (PT)

OBJECTIVOS

No nosso mundo moderno hiper-visual, onde somos constantemente bombardeados por informação visual – televisão, publicidade, etc. – esquecemo-nos frequentemente de como ouvir. Os participantes no workshop serão guiados a “re-sintonizar” os seus ouvidos para dirigir a atenção ao mundo sonoro extremamente rico que os rodeia, a escutar activamente e de forma imaginativa, e não apenas a ouvir passivamente. Eles irão depois usar os seus ouvidos e novas ferramentas tecnológicas para criar uma composição sonora usando o mundo envolvente como instrumento.

O laboratório oferece uma introdução a:

  • Métodos para dirigir o ouvido à percepção detalhada do som
  • O uso do som para investigar as qualidades do espaço circundante e a nossa perspectiva do mesmo
  • Métodos e ferramentas para gravar sons do ambiente
  • Processos para organizar e criar uma biblioteca de sons
  • Perspectiva histórica da arte sonora e do uso de gravações de campo no contexto musical
  • Princípios básicos de acústica e de teoria de composição musical
  • Abordagens práticas à composição musical com gravações de campo

O laboratório será conduzido por dois artistas especializados na várias áreas em jogo (gravação de sons, processamento digital de áudio e composição musical por computador) e propõe uma abordagem de aplicação prática imediata dos conceitos e ferramentas, através do desenvolvimento de um projecto final que incluirá contribuições de todos os participantes.

PÚBLICO ALVO

Qualquer pessoa interessada em arte sonora e, genericamente, na prática artística experimental.

ESTRUTURA

1a Fase: Introdução ao Som

  • Breve resenha histórica da “música concreta” e arte sonora e exemplos de artistas contemporâneos que trabalham com gravações de campo (“fonografistas”)
  • Princípios básicos de acústica e da teoria da composição musical
  • Introdução ao conceito de “paisagem sonora”

2a Fase: Re-sintonizar os ouvidos

  • Desenvolvimento e alargamento da consciência para o espaço envolvente usando técnicas de concentração e relaxamento
  • Escuta activa dos sons do meio ambiente e discussão das suas características acústicas
  • Criação de uma lista de sons a gravar

3a Fase: Gravação de sons do ambiente

  • Introdução ao equipamento de gravação sonora. O papel de distintos tipos de microfones em diferentes cenários de captura sonora
  • Exercícios de gravação de sons ambientais
  • Introdução ao programa de edição sonora Audacity e à sua aplicação na pós-produção de sons gravados.
  • Breve introdução às técnicas de processamento de áudio digital e ao seu uso na manipulação dos sons gravados
  • Discussão em grupo, selecção e edição dos sons a serem usados na composição final

4a Fase: Composição sonora com gravações de campo

Os participantes desenvolverão no último dia do laboratório um breve projecto sonoro colaborativo, com utilização das várias noções e técnicas referidas nos módulos anteriores. A peça sonora final será objecto de apresentação e, na sua sequência, efectuar-se-á uma reflexão conjunta sobre os resultados alcançados e sobre as possibilidades adicionais a explorar.

DURAÇÃO E LOCALIZAÇÃO

2 Dias a tempo inteiro (8 horas diárias) ou 4 Dias a tempo parcial (4 horas diárias) em datas e locais a anunciar oportunamente.

REQUISITOS

É recomendável que aqueles que utilizam softwares de edição sonora ou de mistura multi-pista (Cool Edit Pro, Audacity, Logic Audio, Ableton Live, Pro Tools, etc.) possam trazer os seus computadores portáteis. De qualquer forma, o módulo de edição sonora do workshop será essencialmente feito com recurso ao software freeware Audacity.

CANDIDATURAS

Enviar um email par info[at]binauralmedia.org, com indicação do nome, morada, idade, email, URL, biografia resumida e motivações para a presença no laboratório.

Serão organizados laboratórios em função do número de candidaturas recebidas para a mesma zona geográfica.

Algumas fotos e video de workshops anteriores:

Vimioso, Portugal (Maio 2008):

IMG_8182.JPG IMG_8264.JPGIMG_8205.JPG IMG_8208.JPG IMG_8236.JPG IMG_8228.JPG

Nodar, Portugal (Agosto 2008):

_MG_1341.JPG _MG_1306.JPG IMG_1338.JPG IMG_1349.JPG IMG_1334.JPG IMG_1328.JPG

Laboratório de Som Territorial

Um workshop / laboratório dirigido por:

Luis Costa (PT)

OBJECTIVOS

No nosso mundo moderno hiper-visual, onde somos constantemente bombardeados por informação visual – televisão, publicidade, etc. – esquecemo-nos frequentemente de como ouvir. Os participantes no workshop serão guiados a “re-sintonizar” os seus ouvidos para dirigir a atenção ao mundo sonoro extremamente rico que os rodeia, a escutar activamente e de forma imaginativa, e não apenas a ouvir passivamente. Eles irão depois usar os seus ouvidos e novas ferramentas tecnológicas para criar uma composição sonora usando o mundo envolvente como instrumento.

O laboratório oferece uma introdução a:

  • Métodos para dirigir o ouvido à percepção detalhada do som
  • O uso do som para investigar as qualidades do espaço circundante e a nossa perspectiva do mesmo
  • Métodos e ferramentas para gravar sons do ambiente
  • Processos para organizar e criar uma biblioteca de sons
  • Perspectiva histórica da arte sonora e do uso de gravações de campo no contexto musical
  • Princípios básicos de acústica e de teoria de composição musical
  • Abordagens práticas à composição musical com gravações de campo

O laboratório será conduzido por dois artistas especializados na várias áreas em jogo (gravação de sons, processamento digital de áudio e composição musical por computador) e propõe uma abordagem de aplicação prática imediata dos conceitos e ferramentas, através do desenvolvimento de um projecto final que incluirá contribuições de todos os participantes.

PÚBLICO ALVO

Qualquer pessoa interessada em arte sonora e, genericamente, na prática artística experimental.

ESTRUTURA

1a Fase: Introdução ao Som

  • Breve resenha histórica da “música concreta” e arte sonora e exemplos de artistas contemporâneos que trabalham com gravações de campo (“fonografistas”)
  • Princípios básicos de acústica e da teoria da composição musical
  • Introdução ao conceito de “paisagem sonora”

2a Fase: Re-sintonizar os ouvidos

  • Desenvolvimento e alargamento da consciência para o espaço envolvente usando técnicas de concentração e relaxamento
  • Escuta activa dos sons do meio ambiente e discussão das suas características acústicas
  • Criação de uma lista de sons a gravar

3a Fase: Gravação de sons do ambiente

  • Introdução ao equipamento de gravação sonora. O papel de distintos tipos de microfones em diferentes cenários de captura sonora
  • Exercícios de gravação de sons ambientais
  • Introdução ao programa de edição sonora Audacity e à sua aplicação na pós-produção de sons gravados.
  • Breve introdução às técnicas de processamento de áudio digital e ao seu uso na manipulação dos sons gravados
  • Discussão em grupo, selecção e edição dos sons a serem usados na composição final

4a Fase: Composição sonora com gravações de campo

Os participantes desenvolverão no último dia do laboratório um breve projecto sonoro colaborativo, com utilização das várias noções e técnicas referidas nos módulos anteriores. A peça sonora final será objecto de apresentação e, na sua sequência, efectuar-se-á uma reflexão conjunta sobre os resultados alcançados e sobre as possibilidades adicionais a explorar.

DURAÇÃO E LOCALIZAÇÃO

2 Dias a tempo inteiro (8 horas diárias) ou 4 Dias a tempo parcial (4 horas diárias) em datas e locais a anunciar oportunamente.

REQUISITOS

É recomendável que aqueles que utilizam softwares de edição sonora ou de mistura multi-pista (Cool Edit Pro, Audacity, Logic Audio, Ableton Live, Pro Tools, etc.) possam trazer os seus computadores portáteis. De qualquer forma, o módulo de edição sonora do workshop será essencialmente feito com recurso ao software freeware Audacity.

CANDIDATURAS

Enviar um email par info[at]binauralmedia.org, com indicação do nome, morada, idade, email, URL, biografia resumida e motivações para a presença no laboratório.

Serão organizados laboratórios em função do número de candidaturas recebidas para a mesma zona geográfica.

Algumas fotos e video de workshops anteriores:

Vimioso, Portugal (Maio 2008):

IMG_8182.JPG IMG_8264.JPGIMG_8205.JPG IMG_8208.JPG IMG_8236.JPG IMG_8228.JPG

Nodar, Portugal (Agosto 2008):

_MG_1341.JPG _MG_1306.JPG IMG_1338.JPG IMG_1349.JPG IMG_1334.JPG IMG_1328.JPG

Laboratório de Som Territorial

Um workshop / laboratório dirigido por:

Luis Costa (PT)

OBJECTIVOS

No nosso mundo moderno hiper-visual, onde somos constantemente bombardeados por informação visual – televisão, publicidade, etc. – esquecemo-nos frequentemente de como ouvir. Os participantes no workshop serão guiados a “re-sintonizar” os seus ouvidos para dirigir a atenção ao mundo sonoro extremamente rico que os rodeia, a escutar activamente e de forma imaginativa, e não apenas a ouvir passivamente. Eles irão depois usar os seus ouvidos e novas ferramentas tecnológicas para criar uma composição sonora usando o mundo envolvente como instrumento.

O laboratório oferece uma introdução a:

  • Métodos para dirigir o ouvido à percepção detalhada do som
  • O uso do som para investigar as qualidades do espaço circundante e a nossa perspectiva do mesmo
  • Métodos e ferramentas para gravar sons do ambiente
  • Processos para organizar e criar uma biblioteca de sons
  • Perspectiva histórica da arte sonora e do uso de gravações de campo no contexto musical
  • Princípios básicos de acústica e de teoria de composição musical
  • Abordagens práticas à composição musical com gravações de campo

O laboratório será conduzido por dois artistas especializados na várias áreas em jogo (gravação de sons, processamento digital de áudio e composição musical por computador) e propõe uma abordagem de aplicação prática imediata dos conceitos e ferramentas, através do desenvolvimento de um projecto final que incluirá contribuições de todos os participantes.

PÚBLICO ALVO

Qualquer pessoa interessada em arte sonora e, genericamente, na prática artística experimental.

ESTRUTURA

1a Fase: Introdução ao Som

  • Breve resenha histórica da “música concreta” e arte sonora e exemplos de artistas contemporâneos que trabalham com gravações de campo (“fonografistas”)
  • Princípios básicos de acústica e da teoria da composição musical
  • Introdução ao conceito de “paisagem sonora”

2a Fase: Re-sintonizar os ouvidos

  • Desenvolvimento e alargamento da consciência para o espaço envolvente usando técnicas de concentração e relaxamento
  • Escuta activa dos sons do meio ambiente e discussão das suas características acústicas
  • Criação de uma lista de sons a gravar

3a Fase: Gravação de sons do ambiente

  • Introdução ao equipamento de gravação sonora. O papel de distintos tipos de microfones em diferentes cenários de captura sonora
  • Exercícios de gravação de sons ambientais
  • Introdução ao programa de edição sonora Audacity e à sua aplicação na pós-produção de sons gravados.
  • Breve introdução às técnicas de processamento de áudio digital e ao seu uso na manipulação dos sons gravados
  • Discussão em grupo, selecção e edição dos sons a serem usados na composição final

4a Fase: Composição sonora com gravações de campo

Os participantes desenvolverão no último dia do laboratório um breve projecto sonoro colaborativo, com utilização das várias noções e técnicas referidas nos módulos anteriores. A peça sonora final será objecto de apresentação e, na sua sequência, efectuar-se-á uma reflexão conjunta sobre os resultados alcançados e sobre as possibilidades adicionais a explorar.

DURAÇÃO E LOCALIZAÇÃO

2 Dias a tempo inteiro (8 horas diárias) ou 4 Dias a tempo parcial (4 horas diárias) em datas e locais a anunciar oportunamente.

REQUISITOS

É recomendável que aqueles que utilizam softwares de edição sonora ou de mistura multi-pista (Cool Edit Pro, Audacity, Logic Audio, Ableton Live, Pro Tools, etc.) possam trazer os seus computadores portáteis. De qualquer forma, o módulo de edição sonora do workshop será essencialmente feito com recurso ao software freeware Audacity.

CANDIDATURAS

Enviar um email par info[at]binauralmedia.org, com indicação do nome, morada, idade, email, URL, biografia resumida e motivações para a presença no laboratório.

Serão organizados laboratórios em função do número de candidaturas recebidas para a mesma zona geográfica.

Algumas fotos e video de workshops anteriores:

Vimioso, Portugal (Maio 2008):

IMG_8182.JPG IMG_8264.JPGIMG_8205.JPG IMG_8208.JPG IMG_8236.JPG IMG_8228.JPG

Nodar, Portugal (Agosto 2008):

_MG_1341.JPG _MG_1306.JPG IMG_1338.JPG IMG_1349.JPG IMG_1334.JPG IMG_1328.JPG

Laboratório de Som Territorial

Um workshop / laboratório dirigido por:

Luis Costa (PT)

OBJECTIVOS

No nosso mundo moderno hiper-visual, onde somos constantemente bombardeados por informação visual – televisão, publicidade, etc. – esquecemo-nos frequentemente de como ouvir. Os participantes no workshop serão guiados a “re-sintonizar” os seus ouvidos para dirigir a atenção ao mundo sonoro extremamente rico que os rodeia, a escutar activamente e de forma imaginativa, e não apenas a ouvir passivamente. Eles irão depois usar os seus ouvidos e novas ferramentas tecnológicas para criar uma composição sonora usando o mundo envolvente como instrumento.

O laboratório oferece uma introdução a:

  • Métodos para dirigir o ouvido à percepção detalhada do som
  • O uso do som para investigar as qualidades do espaço circundante e a nossa perspectiva do mesmo
  • Métodos e ferramentas para gravar sons do ambiente
  • Processos para organizar e criar uma biblioteca de sons
  • Perspectiva histórica da arte sonora e do uso de gravações de campo no contexto musical
  • Princípios básicos de acústica e de teoria de composição musical
  • Abordagens práticas à composição musical com gravações de campo

O laboratório será conduzido por dois artistas especializados na várias áreas em jogo (gravação de sons, processamento digital de áudio e composição musical por computador) e propõe uma abordagem de aplicação prática imediata dos conceitos e ferramentas, através do desenvolvimento de um projecto final que incluirá contribuições de todos os participantes.

PÚBLICO ALVO

Qualquer pessoa interessada em arte sonora e, genericamente, na prática artística experimental.

ESTRUTURA

1a Fase: Introdução ao Som

  • Breve resenha histórica da “música concreta” e arte sonora e exemplos de artistas contemporâneos que trabalham com gravações de campo (“fonografistas”)
  • Princípios básicos de acústica e da teoria da composição musical
  • Introdução ao conceito de “paisagem sonora”

2a Fase: Re-sintonizar os ouvidos

  • Desenvolvimento e alargamento da consciência para o espaço envolvente usando técnicas de concentração e relaxamento
  • Escuta activa dos sons do meio ambiente e discussão das suas características acústicas
  • Criação de uma lista de sons a gravar

3a Fase: Gravação de sons do ambiente

  • Introdução ao equipamento de gravação sonora. O papel de distintos tipos de microfones em diferentes cenários de captura sonora
  • Exercícios de gravação de sons ambientais
  • Introdução ao programa de edição sonora Audacity e à sua aplicação na pós-produção de sons gravados.
  • Breve introdução às técnicas de processamento de áudio digital e ao seu uso na manipulação dos sons gravados
  • Discussão em grupo, selecção e edição dos sons a serem usados na composição final

4a Fase: Composição sonora com gravações de campo

Os participantes desenvolverão no último dia do laboratório um breve projecto sonoro colaborativo, com utilização das várias noções e técnicas referidas nos módulos anteriores. A peça sonora final será objecto de apresentação e, na sua sequência, efectuar-se-á uma reflexão conjunta sobre os resultados alcançados e sobre as possibilidades adicionais a explorar.

DURAÇÃO E LOCALIZAÇÃO

2 Dias a tempo inteiro (8 horas diárias) ou 4 Dias a tempo parcial (4 horas diárias) em datas e locais a anunciar oportunamente.

REQUISITOS

É recomendável que aqueles que utilizam softwares de edição sonora ou de mistura multi-pista (Cool Edit Pro, Audacity, Logic Audio, Ableton Live, Pro Tools, etc.) possam trazer os seus computadores portáteis. De qualquer forma, o módulo de edição sonora do workshop será essencialmente feito com recurso ao software freeware Audacity.

CANDIDATURAS

Enviar um email par info

[at]binauralmedia.org, com indicação do nome, morada, idade, email, URL, biografia resumida e motivações para a presença no laboratório.

Serão organizados laboratórios em função do número de candidaturas recebidas para a mesma zona geográfica.

Algumas fotos e video de workshops anteriores:

Vimioso, Portugal (Maio 2008):

IMG_8182.JPG IMG_8264.JPGIMG_8205.JPG IMG_8208.JPG IMG_8236.JPG IMG_8228.JPG

Nodar, Portugal (Agosto 2008):

_MG_1341.JPG _MG_1306.JPG IMG_1338.JPG IMG_1349.JPG IMG_1334.JPG IMG_1328.JPG[/fusion_text]

Laboratório de Som Territorial

Um workshop / laboratório dirigido por:

Luis Costa (PT)

OBJECTIVOS

No nosso mundo moderno hiper-visual, onde somos constantemente bombardeados por informação visual – televisão, publicidade, etc. – esquecemo-nos frequentemente de como ouvir. Os participantes no workshop serão guiados a “re-sintonizar” os seus ouvidos para dirigir a atenção ao mundo sonoro extremamente rico que os rodeia, a escutar activamente e de forma imaginativa, e não apenas a ouvir passivamente. Eles irão depois usar os seus ouvidos e novas ferramentas tecnológicas para criar uma composição sonora usando o mundo envolvente como instrumento.

O laboratório oferece uma introdução a:

  • Métodos para dirigir o ouvido à percepção detalhada do som
  • O uso do som para investigar as qualidades do espaço circundante e a nossa perspectiva do mesmo
  • Métodos e ferramentas para gravar sons do ambiente
  • Processos para organizar e criar uma biblioteca de sons
  • Perspectiva histórica da arte sonora e do uso de gravações de campo no contexto musical
  • Princípios básicos de acústica e de teoria de composição musical
  • Abordagens práticas à composição musical com gravações de campo

O laboratório será conduzido por dois artistas especializados na várias áreas em jogo (gravação de sons, processamento digital de áudio e composição musical por computador) e propõe uma abordagem de aplicação prática imediata dos conceitos e ferramentas, através do desenvolvimento de um projecto final que incluirá contribuições de todos os participantes.

PÚBLICO ALVO

Qualquer pessoa interessada em arte sonora e, genericamente, na prática artística experimental.

ESTRUTURA

1a Fase: Introdução ao Som

  • Breve resenha histórica da “música concreta” e arte sonora e exemplos de artistas contemporâneos que trabalham com gravações de campo (“fonografistas”)
  • Princípios básicos de acústica e da teoria da composição musical
  • Introdução ao conceito de “paisagem sonora”

2a Fase: Re-sintonizar os ouvidos

  • Desenvolvimento e alargamento da consciência para o espaço envolvente usando técnicas de concentração e relaxamento
  • Escuta activa dos sons do meio ambiente e discussão das suas características acústicas
  • Criação de uma lista de sons a gravar

3a Fase: Gravação de sons do ambiente

  • Introdução ao equipamento de gravação sonora. O papel de distintos tipos de microfones em diferentes cenários de captura sonora
  • Exercícios de gravação de sons ambientais
  • Introdução ao programa de edição sonora Audacity e à sua aplicação na pós-produção de sons gravados.
  • Breve introdução às técnicas de processamento de áudio digital e ao seu uso na manipulação dos sons gravados
  • Discussão em grupo, selecção e edição dos sons a serem usados na composição final

4a Fase: Composição sonora com gravações de campo

Os participantes desenvolverão no último dia do laboratório um breve projecto sonoro colaborativo, com utilização das várias noções e técnicas referidas nos módulos anteriores. A peça sonora final será objecto de apresentação e, na sua sequência, efectuar-se-á uma reflexão conjunta sobre os resultados alcançados e sobre as possibilidades adicionais a explorar.

DURAÇÃO E LOCALIZAÇÃO

2 Dias a tempo inteiro (8 horas diárias) ou 4 Dias a tempo parcial (4 horas diárias) em datas e locais a anunciar oportunamente.

REQUISITOS

É recomendável que aqueles que utilizam softwares de edição sonora ou de mistura multi-pista (Cool Edit Pro, Audacity, Logic Audio, Ableton Live, Pro Tools, etc.) possam trazer os seus computadores portáteis. De qualquer forma, o módulo de edição sonora do workshop será essencialmente feito com recurso ao software freeware Audacity.

CANDIDATURAS

Enviar um email par info[at]binauralmedia.org, com indicação do nome, morada, idade, email, URL, biografia resumida e motivações para a presença no laboratório.

Serão organizados laboratórios em função do número de candidaturas recebidas para a mesma zona geográfica.

Algumas fotos e video de workshops anteriores:

Vimioso, Portugal (Maio 2008):

IMG_8182.JPG IMG_8264.JPGIMG_8205.JPG IMG_8208.JPG IMG_8236.JPG IMG_8228.JPG

Nodar, Portugal (Agosto 2008):

_MG_1341.JPG _MG_1306.JPG IMG_1338.JPG IMG_1349.JPG IMG_1334.JPG IMG_1328.JPG

Laboratório de Som Territorial

Um workshop / laboratório dirigido por:

Luis Costa (PT)

OBJECTIVOS

No nosso mundo moderno hiper-visual, onde somos constantemente bombardeados por informação visual – televisão, publicidade, etc. – esquecemo-nos frequentemente de como ouvir. Os participantes no workshop serão guiados a “re-sintonizar” os seus ouvidos para dirigir a atenção ao mundo sonoro extremamente rico que os rodeia, a escutar activamente e de forma imaginativa, e não apenas a ouvir passivamente. Eles irão depois usar os seus ouvidos e novas ferramentas tecnológicas para criar uma composição sonora usando o mundo envolvente como instrumento.

O laboratório oferece uma introdução a:

  • Métodos para dirigir o ouvido à percepção detalhada do som
  • O uso do som para investigar as qualidades do espaço circundante e a nossa perspectiva do mesmo
  • Métodos e ferramentas para gravar sons do ambiente
  • Processos para organizar e criar uma biblioteca de sons
  • Perspectiva histórica da arte sonora e do uso de gravações de campo no contexto musical
  • Princípios básicos de acústica e de teoria de composição musical
  • Abordagens práticas à composição musical com gravações de campo

O laboratório será conduzido por dois artistas especializados na várias áreas em jogo (gravação de sons, processamento digital de áudio e composição musical por computador) e propõe uma abordagem de aplicação prática imediata dos conceitos e ferramentas, através do desenvolvimento de um projecto final que incluirá contribuições de todos os participantes.

PÚBLICO ALVO

Qualquer pessoa interessada em arte sonora e, genericamente, na prática artística experimental.

ESTRUTURA

1a Fase: Introdução ao Som

  • Breve resenha histórica da “música concreta” e arte sonora e exemplos de artistas contemporâneos que trabalham com gravações de campo (“fonografistas”)
  • Princípios básicos de acústica e da teoria da composição musical
  • Introdução ao conceito de “paisagem sonora”

2a Fase: Re-sintonizar os ouvidos

  • Desenvolvimento e alargamento da consciência para o espaço envolvente usando técnicas de concentração e relaxamento
  • Escuta activa dos sons do meio ambiente e discussão das suas características acústicas
  • Criação de uma lista de sons a gravar

3a Fase: Gravação de sons do ambiente

  • Introdução ao equipamento de gravação sonora. O papel de distintos tipos de microfones em diferentes cenários de captura sonora
  • Exercícios de gravação de sons ambientais
  • Introdução ao programa de edição sonora Audacity e à sua aplicação na pós-produção de sons gravados.
  • Breve introdução às técnicas de processamento de áudio digital e ao seu uso na manipulação dos sons gravados
  • Discussão em grupo, selecção e edição dos sons a serem usados na composição final

4a Fase: Composição sonora com gravações de campo

Os participantes desenvolverão no último dia do laboratório um breve projecto sonoro colaborativo, com utilização das várias noções e técnicas referidas nos módulos anteriores. A peça sonora final será objecto de apresentação e, na sua sequência, efectuar-se-á uma reflexão conjunta sobre os resultados alcançados e sobre as possibilidades adicionais a explorar.

DURAÇÃO E LOCALIZAÇÃO

2 Dias a tempo inteiro (8 horas diárias) ou 4 Dias a tempo parcial (4 horas diárias) em datas e locais a anunciar oportunamente.

REQUISITOS

É recomendável que aqueles que utilizam softwares de edição sonora ou de mistura multi-pista (Cool Edit Pro, Audacity, Logic Audio, Ableton Live, Pro Tools, etc.) possam trazer os seus computadores portáteis. De qualquer forma, o módulo de edição sonora do workshop será essencialmente feito com recurso ao software freeware Audacity.

CANDIDATURAS

Enviar um email par info[at]binauralmedia.org, com indicação do nome, morada, idade, email, URL, biografia resumida e motivações para a presença no laboratório.

Serão organizados laboratórios em função do número de candidaturas recebidas para a mesma zona geográfica.

Algumas fotos e video de workshops anteriores:

Vimioso, Portugal (Maio 2008):

IMG_8182.JPG IMG_8264.JPGIMG_8205.JPG IMG_8208.JPG IMG_8236.JPG IMG_8228.JPG

Nodar, Portugal (Agosto 2008):

_MG_1341.JPG _MG_1306.JPG IMG_1338.JPG IMG_1349.JPG IMG_1334.JPG IMG_1328.JPG

Laboratório de Som Territorial

Um workshop / laboratório dirigido por:

Luis Costa (PT)

OBJECTIVOS

No nosso mundo moderno hiper-visual, onde somos constantemente bombardeados por informação visual – televisão, publicidade, etc. – esquecemo-nos frequentemente de como ouvir. Os participantes no workshop serão guiados a “re-sintonizar” os seus ouvidos para dirigir a atenção ao mundo sonoro extremamente rico que os rodeia, a escutar activamente e de forma imaginativa, e não apenas a ouvir passivamente. Eles irão depois usar os seus ouvidos e novas ferramentas tecnológicas para criar uma composição sonora usando o mundo envolvente como instrumento.

O laboratório oferece uma introdução a:

  • Métodos para dirigir o ouvido à percepção detalhada do som
  • O uso do som para investigar as qualidades do espaço circundante e a nossa perspectiva do mesmo
  • Métodos e ferramentas para gravar sons do ambiente
  • Processos para organizar e criar uma biblioteca de sons
  • Perspectiva histórica da arte sonora e do uso de gravações de campo no contexto musical
  • Princípios básicos de acústica e de teoria de composição musical
  • Abordagens práticas à composição musical com gravações de campo

O laboratório será conduzido por dois artistas especializados na várias áreas em jogo (gravação de sons, processamento digital de áudio e composição musical por computador) e propõe uma abordagem de aplicação prática imediata dos conceitos e ferramentas, através do desenvolvimento de um projecto final que incluirá contribuições de todos os participantes.

PÚBLICO ALVO

Qualquer pessoa interessada em arte sonora e, genericamente, na prática artística experimental.

ESTRUTURA

1a Fase: Introdução ao Som

  • Breve resenha histórica da “música concreta” e arte sonora e exemplos de artistas contemporâneos que trabalham com gravações de campo (“fonografistas”)
  • Princípios básicos de acústica e da teoria da composição musical
  • Introdução ao conceito de “paisagem sonora”

2a Fase: Re-sintonizar os ouvidos

  • Desenvolvimento e alargamento da consciência para o espaço envolvente usando técnicas de concentração e relaxamento
  • Escuta activa dos sons do meio ambiente e discussão das suas características acústicas
  • Criação de uma lista de sons a gravar

3a Fase: Gravação de sons do ambiente

  • Introdução ao equipamento de gravação sonora. O papel de distintos tipos de microfones em diferentes cenários de captura sonora
  • Exercícios de gravação de sons ambientais
  • Introdução ao programa de edição sonora Audacity e à sua aplicação na pós-produção de sons gravados.
  • Breve introdução às técnicas de processamento de áudio digital e ao seu uso na manipulação dos sons gravados
  • Discussão em grupo, selecção e edição dos sons a serem usados na composição final

4a Fase: Composição sonora com gravações de campo

Os participantes desenvolverão no último dia do laboratório um breve projecto sonoro colaborativo, com utilização das várias noções e técnicas referidas nos módulos anteriores. A peça sonora final será objecto de apresentação e, na sua sequência, efectuar-se-á uma reflexão conjunta sobre os resultados alcançados e sobre as possibilidades adicionais a explorar.

DURAÇÃO E LOCALIZAÇÃO

2 Dias a tempo inteiro (8 horas diárias) ou 4 Dias a tempo parcial (4 horas diárias) em datas e locais a anunciar oportunamente.

REQUISITOS

É recomendável que aqueles que utilizam softwares de edição sonora ou de mistura multi-pista (Cool Edit Pro, Audacity, Logic Audio, Ableton Live, Pro Tools, etc.) possam trazer os seus computadores portáteis. De qualquer forma, o módulo de edição sonora do workshop será essencialmente feito com recurso ao software freeware Audacity.

CANDIDATURAS

Enviar um email par info[at]binauralmedia.org, com indicação do nome, morada, idade, email, URL, biografia resumida e motivações para a presença no laboratório.

Serão organizados laboratórios em função do número de candidaturas recebidas para a mesma zona geográfica.

Algumas fotos e video de workshops anteriores:

Vimioso, Portugal (Maio 2008):

IMG_8182.JPG IMG_8264.JPGIMG_8205.JPG IMG_8208.JPG IMG_8236.JPG IMG_8228.JPG

Nodar, Portugal (Agosto 2008):

_MG_1341.JPG _MG_1306.JPG IMG_1338.JPG IMG_1349.JPG IMG_1334.JPG IMG_1328.JPG[/fusion_text]

Laboratório de Som Territorial

Um workshop / laboratório dirigido por:

Luis Costa (PT)

OBJECTIVOS

No nosso mundo moderno hiper-visual, onde somos constantemente bombardeados por informação visual – televisão, publicidade, etc. – esquecemo-nos frequentemente de como ouvir. Os participantes no workshop serão guiados a “re-sintonizar” os seus ouvidos para dirigir a atenção ao mundo sonoro extremamente rico que os rodeia, a escutar activamente e de forma imaginativa, e não apenas a ouvir passivamente. Eles irão depois usar os seus ouvidos e novas ferramentas tecnológicas para criar uma composição sonora usando o mundo envolvente como instrumento.

O laboratório oferece uma introdução a:

  • Métodos para dirigir o ouvido à percepção detalhada do som
  • O uso do som para investigar as qualidades do espaço circundante e a nossa perspectiva do mesmo
  • Métodos e ferramentas para gravar sons do ambiente
  • Processos para organizar e criar uma biblioteca de sons
  • Perspectiva histórica da arte sonora e do uso de gravações de campo no contexto musical
  • Princípios básicos de acústica e de teoria de composição musical
  • Abordagens práticas à composição musical com gravações de campo

O laboratório será conduzido por dois artistas especializados na várias áreas em jogo (gravação de sons, processamento digital de áudio e composição musical por computador) e propõe uma abordagem de aplicação prática imediata dos conceitos e ferramentas, através do desenvolvimento de um projecto final que incluirá contribuições de todos os participantes.

PÚBLICO ALVO

Qualquer pessoa interessada em arte sonora e, genericamente, na prática artística experimental.

ESTRUTURA

1a Fase: Introdução ao Som

  • Breve resenha histórica da “música concreta” e arte sonora e exemplos de artistas contemporâneos que trabalham com gravações de campo (“fonografistas”)
  • Princípios básicos de acústica e da teoria da composição musical
  • Introdução ao conceito de “paisagem sonora”

2a Fase: Re-sintonizar os ouvidos

  • Desenvolvimento e alargamento da consciência para o espaço envolvente usando técnicas de concentração e relaxamento
  • Escuta activa dos sons do meio ambiente e discussão das suas características acústicas
  • Criação de uma lista de sons a gravar

3a Fase: Gravação de sons do ambiente

  • Introdução ao equipamento de gravação sonora. O papel de distintos tipos de microfones em diferentes cenários de captura sonora
  • Exercícios de gravação de sons ambientais
  • Introdução ao programa de edição sonora Audacity e à sua aplicação na pós-produção de sons gravados.
  • Breve introdução às técnicas de processamento de áudio digital e ao seu uso na manipulação dos sons gravados
  • Discussão em grupo, selecção e edição dos sons a serem usados na composição final

4a Fase: Composição sonora com gravações de campo

Os participantes desenvolverão no último dia do laboratório um breve projecto sonoro colaborativo, com utilização das várias noções e técnicas referidas nos módulos anteriores. A peça sonora final será objecto de apresentação e, na sua sequência, efectuar-se-á uma reflexão conjunta sobre os resultados alcançados e sobre as possibilidades adicionais a explorar.

DURAÇÃO E LOCALIZAÇÃO

2 Dias a tempo inteiro (8 horas diárias) ou 4 Dias a tempo parcial (4 horas diárias) em datas e locais a anunciar oportunamente.

REQUISITOS

É recomendável que aqueles que utilizam softwares de edição sonora ou de mistura multi-pista (Cool Edit Pro, Audacity, Logic Audio, Ableton Live, Pro Tools, etc.) possam trazer os seus computadores portáteis. De qualquer forma, o módulo de edição sonora do workshop será essencialmente feito com recurso ao software freeware Audacity.

CANDIDATURAS

Enviar um email par info[at]binauralmedia.org, com indicação do nome, morada, idade, email, URL, biografia resumida e motivações para a presença no laboratório.

Serão organizados laboratórios em função do número de candidaturas recebidas para a mesma zona geográfica.

Algumas fotos e video de workshops anteriores:

Vimioso, Portugal (Maio 2008):

IMG_8182.JPG IMG_8264.JPGIMG_8205.JPG IMG_8208.JPG IMG_8236.JPG IMG_8228.JPG

Nodar, Portugal (Agosto 2008):

_MG_1341.JPG _MG_1306.JPG IMG_1338.JPG IMG_1349.JPG IMG_1334.JPG IMG_1328.JPG

Laboratório de Som Territorial

Um workshop / laboratório dirigido por:

Luis Costa (PT)

OBJECTIVOS

No nosso mundo moderno hiper-visual, onde somos constantemente bombardeados por informação visual – televisão, publicidade, etc. – esquecemo-nos frequentemente de como ouvir. Os participantes no workshop serão guiados a “re-sintonizar” os seus ouvidos para dirigir a atenção ao mundo sonoro extremamente rico que os rodeia, a escutar activamente e de forma imaginativa, e não apenas a ouvir passivamente. Eles irão depois usar os seus ouvidos e novas ferramentas tecnológicas para criar uma composição sonora usando o mundo envolvente como instrumento.

O laboratório oferece uma introdução a:

  • Métodos para dirigir o ouvido à percepção detalhada do som
  • O uso do som para investigar as qualidades do espaço circundante e a nossa perspectiva do mesmo
  • Métodos e ferramentas para gravar sons do ambiente
  • Processos para organizar e criar uma biblioteca de sons
  • Perspectiva histórica da arte sonora e do uso de gravações de campo no contexto musical
  • Princípios básicos de acústica e de teoria de composição musical
  • Abordagens práticas à composição musical com gravações de campo

O laboratório será conduzido por dois artistas especializados na várias áreas em jogo (gravação de sons, processamento digital de áudio e composição musical por computador) e propõe uma abordagem de aplicação prática imediata dos conceitos e ferramentas, através do desenvolvimento de um projecto final que incluirá contribuições de todos os participantes.

PÚBLICO ALVO

Qualquer pessoa interessada em arte sonora e, genericamente, na prática artística experimental.

ESTRUTURA

1a Fase: Introdução ao Som

  • Breve resenha histórica da “música concreta” e arte sonora e exemplos de artistas contemporâneos que trabalham com gravações de campo (“fonografistas”)
  • Princípios básicos de acústica e da teoria da composição musical
  • Introdução ao conceito de “paisagem sonora”

2a Fase: Re-sintonizar os ouvidos

  • Desenvolvimento e alargamento da consciência para o espaço envolvente usando técnicas de concentração e relaxamento
  • Escuta activa dos sons do meio ambiente e discussão das suas características acústicas
  • Criação de uma lista de sons a gravar

3a Fase: Gravação de sons do ambiente

  • Introdução ao equipamento de gravação sonora. O papel de distintos tipos de microfones em diferentes cenários de captura sonora
  • Exercícios de gravação de sons ambientais
  • Introdução ao programa de edição sonora Audacity e à sua aplicação na pós-produção de sons gravados.
  • Breve introdução às técnicas de processamento de áudio digital e ao seu uso na manipulação dos sons gravados
  • Discussão em grupo, selecção e edição dos sons a serem usados na composição final

4a Fase: Composição sonora com gravações de campo

Os participantes desenvolverão no último dia do laboratório um breve projecto sonoro colaborativo, com utilização das várias noções e técnicas referidas nos módulos anteriores. A peça sonora final será objecto de apresentação e, na sua sequência, efectuar-se-á uma reflexão conjunta sobre os resultados alcançados e sobre as possibilidades adicionais a explorar.

DURAÇÃO E LOCALIZAÇÃO

2 Dias a tempo inteiro (8 horas diárias) ou 4 Dias a tempo parcial (4 horas diárias) em datas e locais a anunciar oportunamente.

REQUISITOS

É recomendável que aqueles que utilizam softwares de edição sonora ou de mistura multi-pista (Cool Edit Pro, Audacity, Logic Audio, Ableton Live, Pro Tools, etc.) possam trazer os seus computadores portáteis. De qualquer forma, o módulo de edição sonora do workshop será essencialmente feito com recurso ao software freeware Audacity.

CANDIDATURAS

Enviar um email par info[at]binauralmedia.org, com indicação do nome, morada, idade, email, URL, biografia resumida e motivações para a presença no laboratório.

Serão organizados laboratórios em função do número de candidaturas recebidas para a mesma zona geográfica.

Algumas fotos e video de workshops anteriores:

Vimioso, Portugal (Maio 2008):

IMG_8182.JPG IMG_8264.JPGIMG_8205.JPG IMG_8208.JPG IMG_8236.JPG IMG_8228.JPG

Nodar, Portugal (Agosto 2008):

_MG_1341.JPG _MG_1306.JPG IMG_1338.JPG IMG_1349.JPG IMG_1334.JPG IMG_1328.JPG[/fusion_text]Laboratório de Som Territorial

Um workshop / laboratório dirigido por:

Luis Costa (PT)

OBJECTIVOS

No nosso mundo moderno hiper-visual, onde somos constantemente bombardeados por informação visual – televisão, publicidade, etc. – esquecemo-nos frequentemente de como ouvir. Os participantes no workshop serão guiados a “re-sintonizar” os seus ouvidos para dirigir a atenção ao mundo sonoro extremamente rico que os rodeia, a escutar activamente e de forma imaginativa, e não apenas a ouvir passivamente. Eles irão depois usar os seus ouvidos e novas ferramentas tecnológicas para criar uma composição sonora usando o mundo envolvente como instrumento.

O laboratório oferece uma introdução a:

  • Métodos para dirigir o ouvido à percepção detalhada do som
  • O uso do som para investigar as qualidades do espaço circundante e a nossa perspectiva do mesmo
  • Métodos e ferramentas para gravar sons do ambiente
  • Processos para organizar e criar uma biblioteca de sons
  • Perspectiva histórica da arte sonora e do uso de gravações de campo no contexto musical
  • Princípios básicos de acústica e de teoria de composição musical
  • Abordagens práticas à composição musical com gravações de campo

O laboratório será conduzido por dois artistas especializados na várias áreas em jogo (gravação de sons, processamento digital de áudio e composição musical por computador) e propõe uma abordagem de aplicação prática imediata dos conceitos e ferramentas, através do desenvolvimento de um projecto final que incluirá contribuições de todos os participantes.

PÚBLICO ALVO

Qualquer pessoa interessada em arte sonora e, genericamente, na prática artística experimental.

ESTRUTURA

1a Fase: Introdução ao Som

  • Breve resenha histórica da “música concreta” e arte sonora e exemplos de artistas contemporâneos que trabalham com gravações de campo (“fonografistas”)
  • Princípios básicos de acústica e da teoria da composição musical
  • Introdução ao conceito de “paisagem sonora”

2a Fase: Re-sintonizar os ouvidos

  • Desenvolvimento e alargamento da consciência para o espaço envolvente usando técnicas de concentração e relaxamento
  • Escuta activa dos sons do meio ambiente e discussão das suas características acústicas
  • Criação de uma lista de sons a gravar

3a Fase: Gravação de sons do ambiente

  • Introdução ao equipamento de gravação sonora. O papel de distintos tipos de microfones em diferentes cenários de captura sonora
  • Exercícios de gravação de sons ambientais
  • Introdução ao programa de edição sonora Audacity e à sua aplicação na pós-produção de sons gravados.
  • Breve introdução às técnicas de processamento de áudio digital e ao seu uso na manipulação dos sons gravados
  • Discussão em grupo, selecção e edição dos sons a serem usados na composição final

4a Fase: Composição sonora com gravações de campo

Os participantes desenvolverão no último dia do laboratório um breve projecto sonoro colaborativo, com utilização das várias noções e técnicas referidas nos módulos anteriores. A peça sonora final será objecto de apresentação e, na sua sequência, efectuar-se-á uma reflexão conjunta sobre os resultados alcançados e sobre as possibilidades adicionais a explorar.

DURAÇÃO E LOCALIZAÇÃO

2 Dias a tempo inteiro (8 horas diárias) ou 4 Dias a tempo parcial (4 horas diárias) em datas e locais a anunciar oportunamente.

REQUISITOS

É recomendável que aqueles que utilizam softwares de edição sonora ou de mistura multi-pista (Cool Edit Pro, Audacity, Logic Audio, Ableton Live, Pro Tools, etc.) possam trazer os seus computadores portáteis. De qualquer forma, o módulo de edição sonora do workshop será essencialmente feito com recurso ao software freeware Audacity.

CANDIDATURAS

Enviar um email par info[at]binauralmedia.org, com indicação do nome, morada, idade, email, URL, biografia resumida e motivações para a presença no laboratório.

Serão organizados laboratórios em função do número de candidaturas recebidas para a mesma zona geográfica.

Algumas fotos e video de workshops anteriores:

Vimioso, Portugal (Maio 2008):

IMG_8182.JPG IMG_8264.JPGIMG_8205.JPG IMG_8208.JPG IMG_8236.JPG IMG_8228.JPG

Nodar, Portugal (Agosto 2008):

_MG_1341.JPG _MG_1306.JPG IMG_1338.JPG IMG_1349.JPG IMG_1334.JPG IMG_1328.JPG