Manuela Barile ao vivo em concerto/performance intermedia
Festival Vigo Transforma (Vigo, ES)
Programação de Vasos Comunicantes
6 Julho de 2010, às 21h30
Porta do Sol (Sireno), Vigo

Manuela Barile, performer vocal e artista multidisciplinar Italiana residente em Portugal e co-director artística da Binaural/Nodar, apresenta no Festival Vigo Transforma a performance “Oikos”, integrada no projecto artístico “Locus in Quo”.

“A casa é um lugar. A casa é o nosso pequeno universo, de concentração e integração de pensamentos, memórias e experiências. Quando estamos na nossa casa, sentimo-nos protegidos. Quando abandonamos este lugar, sentimo-nos muitas vezes perdidos e melancólicos. A nossa casa vazia, o lugar-casa, transforma-se em espaço. Abandonar esse lugar e vê-lo ser transformado em espaço, significa deixar as nossas ligações, ir para fora de nós, despidos das nossas certezas.”

Manuela Barile

[foto de Carina Martins / Binaural]

“Oikos” é uma performance de Manuela Barile. Dois vídeo são projectados em paralelo na mesma parede. O primeiro mostra a artista numa casa abandonada e vazia. O segundo é um vídeo em tempo real e mostra um objecto, símbolo de cada divisão da casa. Ao vivo, a artista interage consigo mesma fazendo contraponto à sua própria voz. A acção performativa começa e acaba com um trabalho a capella com voz a solo. A voz oscila entre o sonho e a vigília, a atracção e a repulsa. A casa é amiga e inimiga; prisão e abrigo. Um lugar difícil de esquecer.

O Projecto “Locus in Quo” é produzido pela Binaural / Nodar e financiado pelo Ministério da Cultura – Direcção Geral das Artes.

Mais informações sobre o Festival Vigo Transforma, aqui.
Mais informações sobre Manuela Barile, aqui.[/fusion_builder_column][/fusion_builder_row][/fusion_builder_container]