VOUGASCAPES #4
Residência Artística Internacional de Verão de Prática Sonora e Pesquisa Social
21 a 27 Agosto de 2016
Aldeias nas margens do rio Vouga, municípios de São Pedro do Sul, Vouzela e Oliveira de Frades

Apresentação Final
Lafões.Cult.Lab, Vouzela, 27 de agosto, 19h00

Com:
Albano Ribeiro [Portugal] Henry Andersen [Austrália] Jakub Krzewinski [Polónia] Kathy Alberici [Reino Unido] Kelli Rose Pearson [EUA] Lucrecia Dalt [Colômbia] Niklas Nybom [Finlândia] Paulina Miu Zielinska [Polónia] Samson Pignot [França] Sebastian Dingens [Bélgica]

Organização: Binaural – Associação Cultural de Nodar, com o apoio dos municípios de São Pedro do Sul, Vouzela e Oliveira de Frades e da Junta de Freguesia de Valadares (São Pedro do Sul).

VOUGASCAPES #4 é um evento integrado em SoCCoS – Uma rede europeia de residências artísticas em arte sonora co-financiada pelo programa Europa Criativa, e que inclui os seguintes parceiros principais: Binaural / Nodar (Portugal), QO-2 (Bélgica), CTM/Disk (Alemanha), Hai-Art (Finlândia) e AIR Laboratory (Polónia).

A Binaural/Nodar tem uma longa experiência em trabalho criativo sobre temas territoriais específicos, como forma de abraçar uma profunda reflexão sobre a complexidade do real, em particular na sua região rural, Viseu Dão Lafões, no Centro de Portugal.

Na sequência de anteriores projetos que lidaram com temas como as paisagens fluviais, a etno-arquitetura, a religião ou a mobilidade rural, a Binaural/Nodar convidou agora 10 jovens artistas e pesquisadores sociais de vários países para uma residência criativa de verão, com a duração de uma semana, para desenvolverem trabalho coletivo sobre os impactos geográficos e sociais da recentemente construída barragem de Ribeiradio / Ermida, em várias aldeias localizadas ao longo do rio Vouga, nos municípios de São Pedro do Sul, Vouzela e Oliveira de Frades.

Durante uma semana, os participantes vão integrar diferentes ateliês de campo, coordenados pela equipa da Binaural/Nodar, sobre o contexto geo-etnográfico local, sobre técnicas de gravação / edição e criação sonora, sobre questões éticas morais de práticas artísticas em territórios específicos e sobre metodologias de cooperação para potenciar trabalho coletivo artístico.

Uma intervenção específica será desenvolvida na freguesia de Valadares, no município de São Pedro do Sul, onde, com a ajuda inestimável da junta de freguesia local, vão acontecer várias atividades de mediação cultural envolvendo habitantes e organizações comunitárias locais.

O resultado final de VOUGASCAPES #4 será uma série de obras sonoras/media, reflexões escritas, desenhos, fotografias, etc., que irão simultaneamente contribuir para uma pequena publicação a ser lançada no final do ano e também para uma apresentação pública a decorrer no sábado, 27 Agosto às 19h00 no Lafões.Cult.Lab, um novo espaço cultural no concelho de Vouzela (a ser oficialmente inaugurado em breve), onde a Binaural/Nodar passará a ter uma das suas bases de trabalho permanente no território.

A Binaural/Nodar é uma entidade cultural financiada por um apoio estrutural bianual tripartido concedido pelo Ministério da Cultura, Direção Geral das Artes, o qual inclui igualmente os municípios de São Pedro do Sul, Vouzela e Oliveira de Frades.

Vougascapes---Summer-Camp-thumb

Vougascapes---Summer-Camp-pt-web