“Dez anos depois, nas montanhas” apresentada em Penna S. Andrea (Itália)

2 Agosto 2014, 10h00-19h00
Seminário “Culturas de Passagem: Transmissão, Reconhecimento, Reinvenção”
Centro Polivalente
Penna S. Andrea, Teramo (Itália)

“Dez anos depois, nas montanhas”
Uma conferência/performance de Luís Costa e Manuela Barile

Um fluxo livre de palavras, sons, fotografias, vídeos, sussurros, risos e memórias para contar a história provisória e contingente da Binaural/Nodar, uma organização cultural que atua na zona rural do maciço da Gralheira (São Pedro do Sul) e que este ano celebra o seu 10 º aniversário. “Dez anos depois, nas montanhas” é também uma comédia de vida, de como a existência quotidiana de uma família se foi transformando e cruzando com trabalho de campo e criação artística contemporânea em aldeias de montanha, gerando um fluxo de memórias pessoais, umas felizes, outras nem tanto: o nascimento de filhos, a colaboração com mais de 100 artistas acolhidos no território desde 2006 e também a morte inevitável de tantos queridos amigos residentes na região.

A conferência/performance funcionará na forma de “cenas temáticas” precisamente a meio caminho entre uma conferência e uma performance,  apresentadas alternadamente por Manuela Barile (performer vocal, artista visual e diretora artística da Binaural/Nodar) e Luís Costa (pesquisador e educador sonoro/media e presidente da Binaural/Nodar). As referidas cenas terão sempre associados conteúdos fotográficos, sonoros e videográficos ligados à história da Binaural/Nodar.

Programa completo do seminário: http://bambun.webnode.com

2017-02-13T18:31:48+00:00 28 Julho, 2014|