Projeto educativo Cidades Sonoras em São Pedro do Sul

Cidades Sonoras
Um Projeto de Mapeamento Sonoro de Cidades Portuguesas
Abril – Junho 2014
Cidade de São Pedro do Sul

Dirigido por Luís Costa (Binaural/Nodar) com alunos e professores da Escola Secundária de São Pedro do Sul
Co-Produção Binaural/Nodar e Agrupamento de Escolas de São Pedro do Sul

Cidades Sonoras é um projecto educativo de mapeamento sonoro de espaço urbanos portuguesas. Guiados por monitores, um grupo de participantes oriundos do contexto social/geográfico objecto de documentação irá gravar os sons que segundo os próprios caracterizam melhor a zona, registando as coordenadas geográficas de cada som, a par de outras informações contextualizadoras e de registos fotográficos.

O projecto procura evidenciar a especificidade acústica de cada cidade e de cada bairro, não obstante a crescente homogeneização dos espaços urbanos contemporâneos. O projecto é estruturado de forma a estimular tanto a atenção aos pequenos detalhes acústicos da cidade como o contacto inter-geracional em que as vozes da memória da cidade de outros tempos podem assumir um papel determinante.

Esta ligação do projecto a participantes locais e à sua memória da cidade constitui o aspecto determinante do projecto. Ou seja, propõe-se fundamentalmente fornecer ferramentas de percepção e tecnológicas para re-ligar as comunidades aos seus espaços vitais, para fazer despoletar memórias sonoras, quiçá para acrescentar algumas centelhas de auto-estima a quem assistiu a transformações irreversíveis da cidade.

O resultado final da actividade será a criação colectiva de um catálogo de sons mapeado num mapa digital e a sua apresentação pública à cidade.

O projeto específico em São Pedro do Sul terá cinco grandes temas para as gravações sonoras: comércio tradicional, serviços públicos, a ruralidade dentro da cidade, o rio Vouga e as Termas de São Pedro do Sul.

2017-02-13T18:31:50+00:00 7 Abril, 2014|