“A Cidade de Mateus: Uma Campanologia Viseense” de Luís Costa em desenvolvimento

Título: “A Cidade de Mateus: Uma Campanologia Viseense”
Autoria: Luís Costa
Co-produção: Binaural/Nodar e Teatro Viriato
Colaboração Artística: Rui Costa
Colaboração: jovens das paróquias da cidade de Viseu
Parceira: Departamento dos Bens Culturais da Diocese de Viseu

Criação artística em desenvolvimento até 30 Maio 2014.
Apresentação pública no dia 31 Maio 2014 às 20h30.

“A Cidade de Mateus” é uma composição sonora de Luís Costa executada exclusivamente pelos toques de sinos de sete igrejas e capelas da cidade de Viseu a serem atividados por dezenas de jovens voluntários (ligados às várias paróquias de Viseu) a partir de uma partitura gráfica (“visual based score”) com instruções ligadas à própria percepção sonora da cidade, criando uma uma fonosfera específica e irrepetível numa das cidades icónicas na história religiosa de Portugal. Serão propostos ao público dois percursos a serem percorridos em simultâneo com a interpretação da obra, culminando ambos no Largo da Sé.

“A Cidade de Mateus” parte de diversas fontes e influências que contribuem para uma narrativa que atua na ativação emocional da obra, a qual tenta assim escapar a um carácter sonoro puramente paisagístico: Desde logo, a carga simbólica e libertadora da subida de jovens às torres dos campanários, locais tidos de difícil acesso, mas também a ligação narrativa à importância teológica de S. Mateus, santo que dá nome à feira ancestral da cidade de Viseu. O Mateus do envagelho da condenação da ostentação na prática de três obras fundamentais do Judaísmo, a esmola, o jejum e a oração, nesse sentido absolutamente contemporâneo, em tempos em que a solidariedade é cada vez mais instrumento de promoção e legitimação social.

“A Cidade de Mateus” é uma criação co-produzida para o Festival Viseu A…, o qual decorrerá entre 24 Maio e 1 de Junho. Um programa de arte contemporânea protagonizado por muita gente e por muitos artistas. Centenas de pessoas nas suas várias terras, Mangualde, São Pedro do Sul, Nelas, Tondela e Viseu entram em diálogo com o Teatro, a Música, o Novo Circo e a Dança. Uma experiência única para festejar e sentir o mundo de hoje com o horizonte das artes.

VISEU A…
24 MAI a 01 JUN’14

Uma Iniciativa Teatro Viriato (estrutura financiada por Secretário de Estado da Cultura, DGArtes e Câmara Municipal de Viseu)
Consultoria e Coordenação Artística: Giacomo Scalisi e Madalena Victorino
Ação Cofinanciada por Mais Centro – Programa Operacional Regional do Centro, QREN, União Europeia/Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional e CIM Viseu Dão Lafões
Parceiros no programa de acolhimento: Câmara Municipal de Mangualde, Câmara Municipal de Nelas, Câmara Municipal de S. Pedro do Sul, Município de Tondela/ACERT e Câmara Municipal de Viseu
Conheça toda a programação a partir do dia 22 de abril em www.teatroviriato.com

2017-02-13T18:31:50+00:00 7 Abril, 2014|