“Macário” de Manuela Barile em desenvolvimento

“Macário”
Uma performance/instalação de Manuela Barile
Com Manuela Barile, Romulus Neagu e atores amadores das aldeias do Maciço da Gralheira (São Pedro do Sul)
Co-produção Binaural/Nodar e Teatro Viriato
Residência artística em curso até 25 Maio 2014

Uma criação contemporânea a partir da releitura livre de elementos da lenda popular de São Macário (São Pedro do Sul), entrecruzados com reflexões e excertos da vida de José Almeida, octogenário, escultor e pedreiro  da aldeia de Macieira e amante profundo de tudo o que rodeia o santo São Macário, tendo chegado ao ponto de construir com as suas mãos um santuário particular em sua honra.

A lenda de São Macário fala de um pobre almocreve que por engano matou os pais e em sinal de arrependimento se tornou num eremita tendo-se fixado no alto de um monte, o monte Magaio, posteriormente monte São Macário,  onde não vivesse ninguém e onde poderia adorar Deus em paz, alimentando-se parcamente de bagas, mel e insectos. Apesar de viver em isolamento, Macário mantinha contactos esporádicos com a aldeia mais próxima (Macieira), onde por exemplo ia buscar brasas para se aquecer, transportando-as na mão sem se queimar em sinal de penitência, o que segundo os seus devotos, prova a sua santidade. Certo dia, no entanto, transportando as brasas encontrou uma bela pastora da referida aldeia e ao olhar para as suas pernas queimou-se, o que evidenciava as tentações que potencialmente poderiam atormentar um eremita em busca da santidade.

“Macário” é a lenda sobre a ascensão do Santo que nunca foi narrada por ninguém. Uma lenda desconhecida que pois vai reviver entre os castanheiros milenares da aldeia de Macieira, junto ao monte de São Macário. Destinadas a viver toda a vida entre a terra e o céu, estas árvores são testemunhos do tempo e da verdade perene.

“Macário” é uma criação co-produzida para o Festival Viseu A…, o qual decorrerá entre 24 Maio e 1 de Junho. Um programa de arte contemporânea protagonizado por muita gente e por muitos artistas. Centenas de pessoas nas suas várias terras, Mangualde, São Pedro do Sul, Nelas, Tondela e Viseu entram em diálogo com o Teatro, a Música, o Novo Circo e a Dança. Uma experiência única para festejar e sentir o mundo de hoje com o horizonte das artes.

VISEU A…
24 MAI a 01 JUN’14

Uma Iniciativa Teatro Viriato (estrutura financiada por Secretário de Estado da Cultura, DGArtes e Câmara Municipal de Viseu)
Consultoria e Coordenação Artística: Giacomo Scalisi e Madalena Victorino
Ação Cofinanciada por Mais Centro – Programa Operacional Regional do Centro, QREN, União Europeia/Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional e CIM Viseu Dão Lafões
Parceiros no programa de acolhimento: Câmara Municipal de Mangualde, Câmara Municipal de Nelas, Câmara Municipal de S. Pedro do Sul, Município de Tondela/ACERT e Câmara Municipal de Viseu
Conheça toda a programação a partir do dia 22 de abril em www.teatroviriato.com

2017-02-13T18:31:50+00:00 7 Abril, 2014|