A Binaural/Nodar, através do seu serviço de difusão editorial Edições Nodar, passou a fazer parte de duas parcerias internacionais na área da produção, edição e distribuição de CDs e DVDs, ambas enquadradas por coleções, que integrarão algumas das publicações futuras da Edições Nodar com carácter mais documentarista/etnográfico/antropológico.

1. A Parede da Caverna | Video Collection

Uma coleção videográfica para descobrir o que está escondido na penumbra, nas casas outrora habitadas, no ponto de ruptura entre o real e o imaginário, no qual a matéria se torna em sonho e o real se transforma; para preservar a memória de filmes que são testemunho de um presente diferente, realizado ontem ou hoje. A fluidez do tempo requer um ponto de ancoragem, de um centro localizado nas profundezas de significados a trazer até à luz, filmando a respectiva superfície.

A Parede da Caverna, a partir do mito de Platão e da teoria da Terra Oca, investiga as relações inesperadas com a realidade ou com a ideia de realidade, através da forma da escrita visual que une dentro da mesma coleção diferentes linguagens estéticas e materiais audiovisuais raros, frágeis e sensíveis.

A primeira obra integrada na coleção é um documentário de Gianfranco Spitilli sobre um velho tocador de organetto (concertina) da região italiana de Abruzzo, Basilio D’Amico, o qual o antropólogo e cineasta Gianfranco Spitilli acompanhou nos últimos anos de sua vida até à morte em 2012.

basilio-d-amico

2. Tramontana Sonora

Tramontana Sonora foi fundada por associações e instituições de pesquisa da França, Itália, Portugal e Roménia, parte delas incluídas no projecto europeu “Rede Tramontana”, cuja esfera de ação é o estudo etnomusicológico, antropológico, sociolinguístico, de paisagens sonoras, no âmbito de um relacionamento contínuo com comunidades e pessoas.

Tramontana Sonora é uma coleção de histórias sonoras contemporâneas na qual homens, mulheres e crianças se relacionam com a sua herança cultural e com os testemunhos dos anciãos. A coleção é o resultado de pesquisas realizadas principalmente em áreas rurais do Sul da Europa e da Europa Central e Oriental, zonas especialmente conservadoras e a sofrerem processos de rápida transformação sócio-cultural.

Tramontana Sonora propõe-se ser um espaço de encontro entre tempos, sons e linguagens diversas as quais podem ser alcançadas percorrendo aqueles caminhos da experiência, longe dos trilhos mais batidos.

A primeira obra integrada nesta coleção Tramontana Sonora é “CIARVAVÌ – Sonate e canti della Valle del Vomano imparati a orecchio dagli anziani”. O CD foi gravado durante a Semana Santa de 2012, em 6 dias. Constitui a emanação concreta de anos de pesquisa que Li Ciarvavì e Roberto Saputelli realizam no médio vale do rio Vomano, no norte da região italiana de Abruzzo, junto com os mais velhos, avós e parentes, sobre a música e a cultura rural de onde todos provêm.

Ciarvavi