“A Esposa” de Manuela Barile e Sérgio Cruz seleccionado para Festival Internacional de Cinema Experimental da Austrália

O filme “A Esposa”, da autoria da Directora Artística da Binaural/Nodar, Manuela Barile, e do cineasta português Sérgio Cruz, acaba de ser seleccionado para a edição de 2013 do Festival Internacional de Cinema Experimental da Austrália, que terá lugar em Melbourne, entre 1 e 5 de Maio de 2013.

Dia e Hora da Apresentação: 4.Maio.2013, 15h30
Secção: “Faraway Lands and Places”
Local: LOOP, 23 Meyers Place, Melbourne (AUS)

A “Esposa” é um filme documental poético que nasce de uma reflexão sobre a importância ancestral do casamento em contexto rural de montanha, particularmente dos ritos de passagem do próprio dia da cerimónia em que a noiva deixa para todo o sempre a casa onde nasceu e cresceu, rumo a um futuro incerto onde nada será como dantes. “A Esposa” teve por base uma investigação sobre múltiplos elementos do património imaterial ligado ao tema do casamento, efectuada na aldeia de Sequeiros (concelho de São Pedro do Sul), inclusive com relatos em primeira pessoa de mulheres que habitam a própria aldeia e cujas vozes aparecem no filme. O filme termina com uma canção tradicional gravada na paisagem natural de Manhouce com Isabel Silvestre e mulheres rurais.

Para mais informações sobre o festival, clique aqui.

Para mais informações sobre o filme, clique aqui.

2017-02-13T18:31:52+00:00 11 Abril, 2013|